Nome da Disciplina
ATELIER VERTICAL - SUSTENTABILIDADE E SOLUÇÕES EM ARQUITETURA
CÓDIGO
14120032
Carga Horária
90 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
6
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
5
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
1
CRÉDITOS
6
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
A, B, C, D, E (Usado na
graduação)

Ementa

Ementa:
Conceitos e métodos de projetos arquitetônicos associados ao conceito de sustentabilidade. Dimensões e princípios da sustentabilidade. Tendências e aplicações da sustentabilidade na arquitetura. Estudo de projetos referenciais e experiências/soluções de sustentabilidade na arquitetura. Elaboração de projeto de arquitetura considerando princípios, dimensões e características da sustentabilidade e eficiência energética nas edificações.

Objetivos

Objetivo Geral:

Objetivo(s) Geral(ais):
Conhecer os princípios, características, metodologia de projeto e principais soluções relacionadas a arquitetura sustentável.
Objetivo(s) Específico(s):
Estudar os fundamentos, princípios, características e metodologia do projeto sustentável em arquitetura;
Conhecer exemplares de projetos sustentáveis em arquitetura;
Realizar exercício de caráter propositivo com enfoque na sustentabilidade e soluções arquitetônicas compatíveis.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ACSELRAD, H. Sentidos da sustentabilidade urbana. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.
  • DAM, R. S. Princípios do ecoedifício: interação entre ecologia, consciência e edifício. São Paulo: Aquariana, 2001.
  • BORDEAU, L. (org). Agenda 21 on Sustainable Construction. Rotterdam: CIB, 1999. 120p. (CIB Report Publication 237).
  • CAPRA, F. O ponto de mutação. A ciência, a sociedade e a cultura emergente. São Paulo: Cultrix, 1982.
  • CAPRA, F. A teia da vida. Uma nova compreensão científica dos sistemas vivos. São Paulo: Cultrix Ltda, 1996.
  • CAPRA, F. As conecções ocultas. Ciência para uma vida sustentável. São Paulo: Cultrix Ltda, 2002.
  • COLLEGE DUBLIN (coord). Um Vitruvio Ecologico. Principios y practica del proyecto arquitectónico sostenible. Espanha: Editorial Gustavo Gilli, 2007.
  • COMISSÃO MUNDIAL SOBRE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO. Nosso futuro comum. Rio de Janeiro: Editora Fundação Getúlio Vargas, 1991.
  • EDWARDS, B. Guía basica de la sostenibilidad. Barcelona: Gustavo Gili, 2004.
  • ISOLDI, R. A. Tradição, inovação e sustentabilidade. Desafios e perspectivas do projeto sustentável em arquitetura. 2007. 300f. Tese . Núcleo Orientado à Inovação da Edificação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.
  • LENGEN, J. V. Manual do arquiteto descalço. Porto Alegre: Livraria do Arquiteto; Rio de Janeiro: TIBÁ, 2004,
  • LYLE, J. T. Regenerative design for sustainable development. USA: John Wiley & Sais, 1994.
  • PORTO, M. O processo de projeto e a sustentabilidade na produção da arquitetura.São Paulo: C4, 2009.
  • ROAF, S. Ecohouse: a casa ambientalmente sustentável. Porto Alegre: Bookman, 2006.
  • STEELE, J. Sustainable Architecture. Principles, paradigms and case studies. New York: McGraw Hill, 1997.
  • VALE, B.; VALE, R. The new autonomous house. London: Thames & Hudson Ltd., 2000

Bibliografia Complementar:

  • CUÉLLAR, J. P. (org.). Nossa diversidade criadora: Relatório da Comissão Mundial de Cultura e Desenvolvimento. São Paulo: Papirus, 1997.
  • DAY, C. Places of the soul. Architecture and environmental design as a healing art. London: Harper Collins Publishers, 1990.
  • DURAN, S.C.; HERRERO, J.F. Atlas de arquitetura ecológica.RJ: Paisagem distribuidora de livros Ltda, 2010.
  • FRANCO, M. de A. R. Planejamento ambiental para a cidade sustentável. São Paulo: Annablume, FAPESP, 2001.
  • McDONOUGH, W. The Hannover principles: desing for sustainability. New York: Willian McDonough Architects, 1992.
  • McDONOUGH, W.; BRAUNGART, M. Cradle to cradle: remaking the way we make things. New York: North Pint Press, 2002.
  • REGISTER, Richard. Ecocity Berkeley. Building cities for a healthy future. California: North Atlantic Books, 1987.
  • SACHS, I.Caminhos para o desenvolvimento sustentável. Rio de Janeiro: Garamond, 2000.
  • SACHS, I. Estratégias de transição para o século XXI. São Paulo: Studio Nobel: Fundação do desenvolvimento administrativo, 1993.
  • SACHS, I. Ecodesenvolvimento. Crescer sem destruir. São Paulo: Ed. Vértice, 1986.
  • NEWMAN, P.; KENWORTHY, J. Sustainability and cities. Washington: Island Press, 1999.
  • PEARSON, D. New organic architecture. The braking wave. London: Gaia Books Limited, 2001.
  • PEARSON, D.The natural house book. Creating healthy, harmonious and ecologically sound home. Londres: Conran Octopus Limited, 1994.
  • VENÂNCIO, H. Minha casa sustentável. Guia para uma construção residencial responsável. Vila Velha: Edição do autor, 2010.
  • VIDIELA, A.S. Viviendas sostenibles/ Green living/ Habitações sustentáveis. Bélgica: Books Publishers, 2009.
  • WINES, J. Green Architecture. China: Taschen, 2008.
  • ZANCHETI, S. M. Desenvolvimento Sustentável Urbano. Pernambuco: UFPE/GECI: Gestão do Patrimônio Cultural, 2004.
  • YEANG, K. The Green Skyscraper. The Basis for Designing Sustainable intensive Building. Nova York: McGraw-Hill, 1999.
  • YEANG, K. Designing with nature. The ecological basis for architectural design. New York: McGraw-Hill, 1995.
  • YEANG, K. Proyectar com La naturaleza. Bases ecológicas para El proyecto arquitectônico. Barcelona: GG, 2006.
  • FRANCO, M. de A.R. Desenho Ambiental: uma introdução à arquitetura da paisagem com o paradigma ecológico. São Paulo: Annablume, 1997.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
ATELIER VERTICAL - SUSTENTABILIDADE E SOLUÇÕES EM ARQUITETURA Arquitetura e Urbanismo (Bacharelado)

Página gerada em 16/09/2019 05:44:19 (consulta levou 0.157357s)