Nome da Atividade
HISTÓRIA DO IMPÉRIO ROMANO
CÓDIGO
10900079
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

- Império Romano : Teorias e conceitos. Império Romano : historiografia e fontes.
- Periodizações e paisagens geográficas do Império Romano.
- Final da República Romana. Advento do Principado. Dinastias Júlio-claudiana, Flaviana e Antonina. Crise do século III. Antiguidade Tardia. Fim do mundo antigo e início da Idade Média.
- Economia e sociedade imperial. Política e cultura imperial.

Objetivos

Objetivo Geral:

o Compreender a singularidade do Império Romano na longa duração e sua influência no processo histórico ocidental, com suas especificidades históricas na produção de aspectos político, jurídico, linguístico, religioso, cultural e, sobretudo, socioeconômico, determinantes para o surgimento do mundo Ocidental.
o Compreender a História do Império Romano a partir dos mais recentes debates historiográficos e das fontes originais/derivadas.

 

Objetivos Específicos:

o Compreender no tempo e no espaço o desenvolvimento das diversas fases da História do Império Romano (Final de República, Principado, Crise do século III, Antiguidade Tardia).
o Desenvolver as habilidades de leitura, interpretação, exposição e de trabalho em grupo próprias ao ofício do historiador.
o Propiciar ao aluno o domínio dos conteúdos programáticos da disciplina, objetivando, em especial, uma visão na longa duração da sociedade romana.
o Capacitar o aluno a analisar as fontes originais/derivadas através do estudo de diferentes corpora : literárias, jurídicas, epigráficas, iconográficas, arqueológicas, numismáticas etc.
o Capacitar o discente a desenvolver a crítica historiográfica através da análise de diferentes vertentes historiográficas sobre determinados aspectos do mundo imperial romano.
o Geografia, Cartografia, Topografia e Cronologia romanas.
o Compreender o funcionamento das Instituições políticas e econômicas do Império Romano.
o Aspectos político-jurídicos e sócio-econômicos.
o Aspectos culturais e religiosos.

Conteúdo Programático

O curso será desenvolvido através de aulas expositivas,
apresentações, debates, projeções e análise de documentos.
Os discentes apresentarão seminários temáticos a partir do estudo de fontes originais e derivadas

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • CARRIÉ, Jean-Michel & ROUSELLE, Aline (1999) : L’empire romain en mutation des Sévères à ALFÖLDY, Géza (1989): História social de Roma, Lisboa, Presença. Constantin 192-337, Paris, Seuil, (Nouvelle histoire de l’Antiquité – 10). DUBY, G. e ÁRIES, P. (dir.) História da Vida Privada. São Paulo: Companhia das Letras, 1991 ( Vol. I). GRIMAL, Patrick (2010) : Império Romano,Porto Alegre. L&PM Pocket. FINLEY, Moses (1986) : A economia antiga. Porto, Afrontamento. GUARINELLO, Norberto L. (1987) : Imperialismo greco-romano. São Paulo: Ática. PEREIRA, Maria Helena da Rocha (2002) :.Estudos de História da Cultura Clássica. Vol. 2 – Cultura romana. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian. PEREIRA, Maria Helena da Rocha (1988) : Estudos de História da Cultura Clássica. Vol. 1 – Cultura grega. 6ª ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian. VEYNE, Paul (2010) : Quando nosso mundo se tornou cristão (312-394),tradução de Marcos Castro, Rio de Janeiro, Civilização brasileira.

Bibliografia Complementar:

  • ALFÖLDY, Géza (1989): História social de Roma, Lisboa, Presença. ANDERSON, Perry (1995) : Passagens da Antiguidade ao Feudalismo. São Paulo: Brasiliense. ANDREAU, Jean (1974a) : Les Affaires de Monsieur Jucundus, Rome, EFR. ANDREAU, Jean ; NICOLET, Claude et THÉBERT, Yann (1980) : « Économie, société et politique aux deux derniers siècles de la République romaine », Annales E.S.C., 35, p. 871-919. ANDREAU, Jean (1995c) : « Présentation : Vingt ans après l'Économie antique de Moses I. Finley », Annales, 50, 5, 947 – 960. ANDREAU, Jean (1997a) : Patrimoines, échanges et prêts d’argent : l’économie romaine, Roma, L’Erma di Bretschneider. AUERBACH, E. (1976) : Mimesis. São Paulo, Perspectiva. BAYET, J. (1934) : Littérature latine, Paris, Armand Colin. BENVENISTE, Émile (1969) : Le vocabulaire des institutions indo-européennes, Paris. BETTENSON, Henry (org.) (1967) : Documentos da Igreja Cristã. São Paulo, Aste. BIBLIA DE JERUSALÉM (2008), 5ª. Ed. São Paulo, Paulus. BOUNDER, Diana (1980) : Quem foi quem na Roma Antiga. São Paulo: Círculo do Livro. BRAUDEL, Fernand (1998) : Les memoires de la Méditerranée: préhistoire et antiquité, ed. établie par Roselyne de Ayala et Paule Braudel, préface et notes de Jean Guilaine et de Pierre Rouillard, Paris, Éditions de Fallois. BRETONE, M. (1998) : História do Direito Romano, Trad. de SANTOS, Isabel Teresa & SHOOJA, Hossein Seddighzadeh, Lisboa, Estampa. BROWN, Peter (1972) : O fim do mundo clássico. Lisboa: Verbo. BROWN, Peter (1990) : « Antiguidade Tardia », in DUBY, G; ARIÈS, Ph. (Org.) : História da vida privada. Vols. 1, São Paulo: Cia. das Letras. BUGRA, Ayse (2005) : “Karl Polanyi et la séparation institutionnelle entre politique et économie”, Raisons Politiques, 20, 37 - 56. BURDESE, A. (1993) : Manuale di diritto privato romano, Turin. BURNETT, A. M. (1987) : Coinage in the Roman World, Londres, Seaby. CANDIDO, Antônio (1976) : Literatura e sociedade, São Paulo, Nacional. CARDOSO, Ciro F. (1998) : “E

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
HISTÓRIA DO IMPÉRIO ROMANO História (Bacharelado)

Página gerada em 23/01/2022 05:52:16 (consulta levou 0.095512s)