Nome da Disciplina
ENSINAR HISTÓRIA NO ENSINO MÉDIO: JUVENTUDE, CULTURA E EDUCAÇÃO
CÓDIGO
10900086
Carga Horária
60 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A disciplina propõe-se a apresentar e problematizar algumas questões relativas às especificidades do Ensino de História no Ensino Médio. Busca-se discutir aspectos relativos à estrutura e ao currículo do Ensino Médio no Brasil e sobre a juventude e as culturas juvenis, de forma a promover reflexões acerca do ensino de História direcionado aos/às estudantes do Ensino Médio.

Objetivos

Objetivo Geral:

Gerais
- Oportunizar espaços de estudo e reflexão acerca das especificidades do ensino de História no Ensino Médio, de forma a qualificar a formação acadêmica dos/as discentes do Curso de História para atuar na educação básica.
Específicos
* discutir elementos acerca da organização do Ensino Médio no Brasil (estrutura, currículo, concepções e reformas recentes);
* apresentar e problematizar textos e pesquisas acadêmicas que se debruçaram a investigar sobre o perfil da juventude no Brasil e as culturas juvenis;
* desenvolver atividades e leituras que possibilitem qualificar a abordagem e as práticas pedagógicas dos discentes do Curso de História direcionadas à estudantes do Ensino Médio.

Conteúdo Programático

O conteúdo será abordado a partir de quatro unidades temáticas:
1. Retratos da juventude no Brasil
2. A escola e as diferentes culturas juvenis
3. Pensar o Ensino Médio: currículo, concepções e transformações recentes
4. Ensinar História no Ensino Médio

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ABRAMO, Helena & BRANCO, Pedro Paulo Martoni. Retratos da Juventude Brasileira: análises de uma pesquisa nacional. São Paulo: Instituto Cidadania. Editora Fundação Perseu Abramo. 2004. BRASIL. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade. Dimensões da inclusão no ensino médio: mercado de trabalho, religiosidade e educação quilombola. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2006. 364 p. (Coleção Educação para Todos 9). Disponível na Biblioteca das Ciências Sociais / UFPel - Número de chamada: 370.19342 D582 (BCS) DAYRELL, Juarez; CARRANO, Paulo; MAIA, Carla Linhares [org.]. Juventude e ensino médio: sujeitos e currículos em diálogo. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2014. DAYRELL, Juarez. A escola “faz” as juventudes? Reflexões em torno da socialização juvenil. Educ. Soc., Campinas, vol. 28, n. 100 - Especial, p. 1105-1128, out. 2007. MAGALHÃES, Marcelo de Souza. Apontamentos para pensar o ensino de História hoje: reformas curriculares, Ensino Médio e formação do professor. Tempo, v. 11, n. 21, 2006. RAMOS, Marise Nogueira. O ensino médio ao longo do século XX: um projeto inacabado. IN: STEPHANOU, Maria; BASTOS, Maria Helena (orgs.). Histórias e memórias da educação no Brasil, vol. III: século XX. Petrópolis: Vozes, 2005. ZIBAS, Dagmar. Refundar o Ensino Médio? Alguns antecedentes e atuais desdobramentos das políticas dos anos de 1990. Educ. Soc., Campinas, vol. 26, n. 92, p. 1067-1086, Especial - Out. 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/%0D/es/v26n92/v26n92a16.pdf

Bibliografia Complementar:

  • Complementar BITTENCOURT, Circe M. F. (org.) O saber histórico na sala de aula. São Paulo: Contexto, 1997. BRASIL. DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA O ENSINO MÉDIO. 2013. CORTI, Ana Paula; SOUZA, Raquel. Diálogos com o mundo juvenil: subsídios para educadores. São Paulo: Ação Educativa. 2004. DAYRELL, Juarez. A música entra em cena: o funk e o rap na socialização da juventude. Belo Horizonte: Ed

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
ENSINAR HISTÓRIA NO ENSINO MÉDIO: JUVENTUDE, CULTURA E EDUCAÇÃO História (Bacharelado)

Página gerada em 08/04/2020 03:36:44 (consulta levou 0.148216s)