Nome da Atividade
HISTÓRIA DOS MUSEUS NO OCIDENTE
CÓDIGO
10790084
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Desenvolver uma visão contextualizada do surgimento e estruturação da instituição museu no Ocidente de suas origens históricas às instituições contemporâneas.

Objetivos

Objetivo Geral:

Desenvolver uma visão geral sobre a história dos museus no mundo ocidental, promovendo uma reflexão sobre a relação entre as instituições museológicas e os diferentes contextos culturais, sociais, políticos e econômicos.

 

Objetivos Específicos:

• Construir uma visão geral sobre a história do colecionismo e dos museus no ocidente;
• Promover a compreensão sobre as concepções que norteiam as práticas museológicas ao longo da história;
• Abordar especificamente o passado e presente museológico brasileiro;
• Desenvolver habilidades de expressão verbal e escrita a partir das atividades propostas na disciplina;
• Estimular a participação discente nos debates propostos.

Conteúdo Programático

Unidade I: Surgimento dos museus e o colecionismo
1. Museus, patrimônio e as relações com o tempo
2. O colecionismo e os Museus
3. Os Gabinetes de curiosidades e a organização das coleções


Unidade II: Os museus em sua concepção moderna
1. Os museus e a nação
2. Modelos europeus
3. O Novo Mundo
4. Diversidade tipológica de Museus

Unidade III: Surgimento e consolidação dos museus no Brasil
1. O histórico dos museus no Brasil
2. A criação do SPHAN e os museus no Brasil
3. Políticas Museológicas e um panorama atual

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • CHAGAS, Mário. A imaginação museal: museu, memória e poder em Gustavo Barroso, Gilberto Freyre e Darcy Ribeiro. Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Museus, 2009 FIGUEIREDO, Betânia Gonçalves; VIDAL, Diana (orgs.) Museus do Gabinete de Curiosidades à Museologia Moderna. Belo Horizonte: Argumentum, 2005. POMIAN, Krzysztof. Coleção. In: Enciclopédia Einaudi, volume 1, Memória-História. Lisboa: Imprensa Nacional Casa da Moeda, 1997. http://pt.scribd.com/doc/114242983/Pomian-Colecao.

Bibliografia Complementar:

  • POULOT, Dominique. Uma história do patrimônio no Ocidente, séculos XVIII-XXI: do monumento aos valores. Juiz de Fora: Estação Liberdade, 2009. RIVIERE, Georges Henri. La museologia: curso de museologia : textos y testimonios. Madrid: Akal, 1993. Complementar: ALONSO FERNANDEZ, Luis. Museologia y museografia. 3,ed. Barcelona: Ed. del Serbal, 2006. HERNÁNDEZ, Francisca Hernández. Planteamientos teóricos de la museología. España: Ediciones Trea, 2006 HISTÓRIA representada: o dilema dos museus. Rio de Janeiro: Museu Histórico Nacional, 2003. JULIÃO, Leticia. Apontamentos sobre a história do museu. Belo Horizonte: Secretaria de Estado da Cultura/Superintendência de Museus, 2002. (Caderno de Diretrizes Museológicas). http://www.museus.gov.br/sbm/downloads/cadernodiretrizes_segundaparte.pdf MESTRE, Santacana Joan; ANTOLI, Núria Serrat. MUSEOGRAFIA didática. Espana: Ariel, 2005. POULOT, Dominique. Museu e Museologia. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013. SCHWARCZ, Lilia Moritz. O espetáculo das raças: cientistas, instituicões e questão racial no Brasil (1870 - 1930). São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
T50 2020 / 1 45 26 Museologia (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
SEX10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
JULIANE CONCEICAO PRIMON SERRES
Professor responsável pela turma

Página gerada em 22/01/2021 00:44:41 (consulta levou 0.176315s)