Nome da Atividade
DESEMPENHO LUMINICO DO EDIFÍCIO
CÓDIGO
14620027
Carga Horária
30 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CRÉDITOS
2
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

NBR 15215, iluminação lateral, iluminação zenital, coeficiente de luz diurna, conforto visual, fator solar de vidros.

Objetivos

Objetivo Geral:

Objetivo(s) Geral(ais):
Desenvolver conhecimentos relativos aos sistemas de iluminação, por meio de uma visão abrangente das variáveis projetuais que nele interferem, instrumentando as tomadas de decisões em relação ao partido luminotécnico a ser adotado em cada caso, dependendo da função, atividade e das questões ligadas à eficiência energética.
Objetivo(s) Específico(s):
Conhecer os principais conceitos ligados à luz e sua aplicação na Arquitetura.
Aplicar, no desenvolvimento do projeto luminotécnico os conceitos e princípios do conforto luminico.
Conhecer os diferentes tipos de lâmpadas e luminárias.
Desenvolver o projeto luminotécnico integrado ao projeto de iluminação natural.

Conteúdo Programático

UNIDADE 1 – Luz e arquitetura.
Importância da luz na Arquitetura. Exemplos históricos e contemporâneos de luz como material da Arquitetura. Eficiência energética e sustentabilidade no uso da luz.
UNIDADE 2 – Luminotécnica.
Conceitos básicos e grandezas fotométricas. Adequação da iluminação às diferentes funções e atividades. Formas de iluminação e luz em objetos. Características e desempenho das lâmpadas. Princípios, requisitos e exemplos de sistema de iluminação residencial e comercial. Cálculo de iluminação: método dos lumens.
UNIDADE 3 – Iluminação natural na arquitetura.
Disponibilidade de luz natural, fontes de luz. Tipos de céu. Grandezas da iluminação natural. Elementos arquitetônicos de condução, elementos de passagem e elementos de proteção da luz natural. Exigências de desempenho lumínico das edificações. Método de cálculo simplificado da iluminação natural lateral e zenital.
UNIDADE 4 – Sistemas integrados de iluminação natural e artificial.
UNIDADE 5 – Projeto luminotécnico.
Exercício prático de projeto integrado de iluminação natural e artificial.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT. NBR 15575: Edifícios habitacionais de até cinco pavimentos. Desempenho. Rio de Janeiro: ABNT; 2010.
  • Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT. NBR 15215-2: Iluminação Natural. Parte 2: Procedimentos de cálculo para a estimativa da disponibilidade de luz natural. Rio de Janeiro: ABNT; 2005.
  • Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT. NBR 15215-3: Iluminação Natural. Parte 3: Procedimento de cálculo para a determinação da iluminação natural em ambientes internos. Rio de Janeiro: ABNT; 2005.
  • Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT. NBR 15215-4: Iluminação Natural. Parte 4: Verificação experimental das condições de iluminação interna de edificações. Rio de Janeiro: ABNT; 2005

Bibliografia Complementar:

  • BAKER, Nick V. Daylighting in Architecture: A European Reference Book. Salisbury: James & James, 1993.
  • BITENCOURT, L. Uso das Cartas Solares. Edufal 4 ed, 2004.
  • LAMBERTS, R., PEREIRA, F. O. DUTRA, L. Eficiência Energética na Arquitetura. UFSC, Florianópolis, SC, 3.ed. 2014.
  • MASCARÓ, Lucia (org.). A iluminação dos espaços urbanos. Porto Alegre: Masquatro; 2006.
  • CREDER, Hélio. Instalações Elétricas. Rio de Janeiro, Livros Técnicos e científicos, 15 ed. 2014.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
T51 2020 / 1 15 12 Arquitetura e Urbanismo (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
SEG14:20 - 15:10
GUSTAVO GARCIA DE OLIVEIRA
Professor responsável pela turma

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
DESEMPENHO LUMINICO DO EDIFÍCIO Arquitetura e Urbanismo (Bacharelado)

Página gerada em 26/10/2020 21:39:30 (consulta levou 0.173865s)