Nome da Disciplina
CIDADANIA E GÊNERO: PERSPECTIVA DAS MULHERES NO MUNDO DO TRABALHO
CÓDIGO
04810021
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

A disciplina pretende analisar alguns aspectos referentes a falta de igualdade de gênero para as mulheres trabalhadoras, que é um requisito fundamental para a igualdade de oportunidades e tratamento no emprego e profissão e, sem a referida igualdade, as trabalhadoras não conseguem efetivar sua plena cidadania. Para se entender o porquê da falta de igualdade de gênero quando as mulheres se inserem no mercado de trabalho, é necessário compreender algumas questões históricas relacionadas com as categorias gênero, educação e trabalho, uma vez que ainda são identificados vários níveis de desigualdades e discriminações quando as mesmas se inserem no mundo do trabalho formal ou informal. Também se analisará o valor-princípio da fraternidade na busca e concretização da igualdade de gênero para as mulheres trabalhadoras que é um direito humano fundamental, pois o trabalho em qualquer de suas formas, não é apenas fonte de renda, mas também de identificação e participação social para um adequado exercício do trabalho decente/digno.

Objetivos

Objetivo Geral:

1- Proporcionar o estudo e a reflexão sobre a falta da igualdade de gênero quando as mulheres se inserem no mercado de trabalho, analisando-se algumas questões histórias relacionadas com as categorias gênero, educação e trabalho, buscando relacionar o valor-princípio da fraternidade como uma possibilidade concreta de se efetivar a igualdade de gênero e, assim se alcançar uma plena cidadania.
2- Incentivar e auxiliar na produção acadêmica que envolve as temáticas sobre cidadania, gênero, trabalho e fraternidade, como forma de divulgar as desigualdades e discriminações que ainda na atualidade impedem as mulheres trabalhadoras de exercer sua plena cidadania.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ANDRADE, Tânia. Mulheres no Mercado de Trabalho: Onde nasce a Desigualdade? Brasília: Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados, 2016. BAGGIO, Antonio Maria (org). A redescoberta da fraternidade na época do "terceiro 1789". In: O princípio esquecido - A fraternidade na reflexão atual das ciências políticas. São Paulo: Cidade Nova, 2008, vol.1. BARZOTTO, Luis Fernando. Fraternidade: Uma aproximação conceitual. In: Direito e Fraternidade: em busca de concretização. Organização [de] MACHADO, Carlos Augusto Alcântara; JABOARNDY, Clara Cardoso Machado; BARZOTTO, Luciane Cardoso.Aracaju: EDUNIT, 2018. BESSIÈRES, Yves; NIEDZWIECKI, Patrícia. As mulheres na Revolução Francesa. Cadernos para o Desenvolvimento do Espaço Cultural Europeu. Bruxelas, nº33, 1991. BRUSCHINI, Maria Cristina Aranha. Trabalho e gênero no Brasil nos últimos dez anos. Cadernos de Pesquisa, vol. 37, nº 132, p. 537-572, set/dez 2007. CARVALHO, Maria Eulina Pessoa de. Feminismo e construção da cidadania das mulheres: avanços e desafios nos campos da educação, trabalho e política no início do século XXI. In: Gênero, educação e política: múltiplos olhares. BRABO, Tânia Suely Antonelli Marcelino (Org.). São Paulo: Ícone, 2009. CONNEL, Raewyn; PEARSE, Rebecca. Gênero: uma perspectiva global. Tradução e revisão técnica Marília Moschkovich. São Paulo: nVersos, 2015. CONTRAF/CUT - Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro. As mulheres ocupam cada vez mais o mercado de trabalho, mas persiste a desvalorização do trabalho feminino. CORTINA, Adela. Cidadãos do mundo – para uma teoria da cidadania. São Paulo: Edições Loyola, 2005. ESQUEMBRE VALDÉS, Maríadel Mar. Ciudadanía y Género. Una reconstrucción de la tríade de derechosfundamentales. In: Género y Derechos Fundamentales. Cristina MonereoAtienza; José LuisMonereo (Directores y Coordinadores). Granada (España): Comares, 2010. FERNANDES, Antonio José. Direitos Humanos e Cidadania Europeia (Fundamentos e Dimensões).Coimbra:Almedina,200

Bibliografia Complementar:

  • ANDRADE, Tânia. Mulheres no Mercado de Trabalho: Onde nasce a Desigualdade? Brasília: Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados,2016. BAGGIO, Antonio Maria (org). A redescoberta da fraternidade na época do "terceiro 1789". In: O princípio esquecido - A fraternidade na reflexão atual das ciências políticas. São Paulo: Cidade Nova,2008, vol.1. BARZOTTO, Luis Fernando. Fraternidade: Uma aproximação conceitual. In: Direito e Fraternidade: em busca de concretização. Organização [de] MACHADO, Carlos Augusto Alcântara; JABOARNDY, Clara Cardoso Machado; BARZOTTO, Luciane Cardoso.Aracaju: EDUNIT,2018. BESSIÈRES, Yves; NIEDZWIECKI, Patrícia. As mulheres na Revolução Francesa. Cadernos para o Desenvolvimento do Espaço Cultural Europeu. Bruxelas,nº33,1991. BRUSCHINI, Maria Cristina Aranha. Trabalho e gênero no Brasil nos últimos dez anos. Cadernos de Pesquisa, vol.37,nº132,p.537-572, set/dez2007. CARVALHO, Maria Eulina Pessoa de. Feminismo e construção da cidadania das mulheres: avanços e desafios nos campos da educação, trabalho e política no início do século XXI. In: Gênero, educação e política: múltiplos olhares. BRABO, Tânia Suely Antonelli Marcelino (Org.). São Paulo:Ícone,2009. CONNEL, Raewyn; PEARSE, Rebecca. Gênero: uma perspectiva global. Tradução e revisão técnica Marília Moschkovich.São Paulo:nVersos,2015. CONTRAF/CUT - Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro. As mulheres ocupam cada vez mais o mercado de trabalho, BELMONTE, Alexandre Agra; MARTINEZ, Luciano; MARANHÃO, Ney (Coordenadores). O Direito do Trabalho na Crise da COVID-19. Salvador: Editora JusPodivm,2020. INSTITUO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios(PNDA)-2004-2014. INSTITUO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios(PNDA)-2015. MACHADO, Carlos Augusto Alcântara. A Fraternidade como categoria Jurídica - Fundamentos e Alcance. Curitiba: Appris,2017.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
51 2020 / 1 35 16
Direito (Mestrado acadêmico)
Horários
ManhãTardeNoite
TER08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
OLGA MARIA BOSCHI AGUIAR DE OLIVEIRA
Professor responsável pela turma

Página gerada em 05/07/2020 06:52:31 (consulta levou 0.112423s)