Nome da Disciplina
MEDICINA INTENSIVA E DE EMERGÊNCIA
CÓDIGO
07420012
Carga Horária
30 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
2
CRÉDITOS
2
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A disciplina de Medicina Intensiva e Emergência proporciona o contato com os principais
conceitos de abrangência das situações de indivíduos grave e agudamente enfermos no contexto
pré e intra hospitalar, através de contextualizações teóricas alinhadas às boas práticas médicas
atualizadas. Além disso, aborda os principais temas pertinentes aos pacientes criticamente
doentes que necessitam de cuidados intensivos, proporcionando o contato inicial com os
conceitos básicos da terapia intensiva ligada às emergências médicas. Esta disciplina aborda, de
forma horizontal, as questões de pertinência étnico-raciais, tanto no contexto das patologias
quanto no da sociedade inserida no contexto do SUS, respeitando as diversidades e
especificidades de cada cidadão e comunidades. Além disso, a disciplina também valoriza,
durante a exposição de seus conteúdos, a importância da responsabilidade ambiental que o
médico desempenha junto às populações por ele atendidas, juntamente ao seu comprometimento
respeitoso e colaborativo em relação às características socioculturais que compõem o cenário em
que atua humana e profissionalmente.

Objetivos

Objetivo Geral:

Gerais
Esta disciplina visa uma abordagem sucinta dos conteúdos da medicina intensiva e emergência,
a fim de que o aluno possa se familiarizar e reconhecer as situações críticas extremas, no intuito
de contribuir para a formação da competência de um médico generalista, de visão ampla e com
capacidade de discernimento diagnóstico sem, no entanto, afastar-se do humanismo e empatia
necessários à sua futura atuação profissional.

Específicos
- Identificar as situações clínicas de medicina intensiva e emergência;
- Avaliar a semiologia do paciente criticamente enfermo;
- Avaliar a clínica inicial e o diagnóstico das urgências;
- Avaliar a clínica inicial e o diagnóstico das emergências;
- Reconhecer síndromes clínicas básicas da medicina intensiva;
- Atentar e respeitar as questões socioculturais e étnico raciais pertinentes ao atendimento das
diversas populações;
- Manter preocupação e responsabilidade com o cuidado e a preservação ambiental.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • MEDICINA de urgência. São Paulo Manole 2016 1 recurso online ISBN 9788520450598.

Bibliografia Complementar:

  • MANUAL da residência de medicina intensiva. 4. São Paulo Manole 2013 1 recurso online ISBN 9788520438633.
  • MANEJO de vias aéreas. São Paulo Manole 2013 1 recurso online ISBN 9788520450093
  • MORAES, Márcia Vilma Gonçalvez de. Atendimento pré-hospitalar treinamento da brigada de emergência do suporte básico ao avançado. São Paulo Iátria 2010 1 recurso online ISBN 9788576140849.
  • 2010 American Heart Association Guidelines for Cardiopulmonary Resuscitation and Emergency Cardiovascular Care Science. Circulation 2010, Volume 122, Issue 18 suppl 3. disponível em http://circ.ahajournals.org/content/ 122/18_suppl_3.toc
  • Diretrizes Brasileiras de Ventilação Mecânica. Rev Bras Ter Intensiva. 2014;26(2): 89-121 e 26(3):215-239 disponível em www.amib.org.br

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
T1 2019 / 2 65 60 Medicina (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
QUI15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
MARINA PERES BAINY
Professor responsável pela turma

RAFAEL OLIVE LEITE
Professor Regente

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
URGÊNCIA E EMERGÊNCIA Medicina (Bacharelado)

Página gerada em 20/11/2019 03:02:13 (consulta levou 0.181243s)