Nome da Atividade
CONSERVAÇÃO E PRESERVAÇÃO II
CÓDIGO
10790168
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA EXTENSÃO
1
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Diagnóstico de conservação. Monitoramento de temperatura e umidade relativa. Iluminação. Poluentes gasosos e particulados. Aparelhos e materiais para conservação em museus. Equipamentos de proteção individual - EPI. Higienização mecânica a seco. Acondicionamento e manutenção em Reserva Técnica. Manuseio, embalagem e transporte de acervos. Prevenção e segurança em museus. Cuidados com a limpeza dos espaços museológicos. Conservação de acervos museológicos: materiais de suportes orgânicos e inorgânicos. Disciplina que aplica créditos das atividades práticas em extensão através do Programa Museologia Extracampi (código 232), do Curso de Museologia, cadastrado na Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFPel.

Objetivos

Objetivo Geral:

Geral:

Capacitar os estudantes para o desenvolvimento de diagnóstico de conservação, bem como aplicação de procedimentos técnicos que assegurem a conservação e preservação de bens culturais.

Específicos:

● Promover encontros teóricos e encaminhamentos práticos a respeito da conservação e preservação patrimonial;
● Apresentar a estrutura do diagnóstico de conservação, a metodologia empregada e suas etapas de elaboração;
● Evidenciar a importância do monitoramento e controle ambiental, apontando fatores como iluminação, poluentes gasosos e particulados como sendo agentes de risco e degradação do patrimônio cultural;
● Apresentar os aparelhos e materiais para conservação em museus, bem como os equipamentos de proteção individual, salientando a relevância de sua utilização;
● Realizar aulas práticas de higienização mecânica a seco, elaboração de pastas de envelopes para conservação, acondicionamento em reserva e feitura de cantoneiras;
● Ressaltar a relevância da adoção de medidas de segurança e conservação dos bens, inclusive no que tange ao manuseio, embalagem e transporte dos acervos;
● Refletir acerca dos cuidados com a limpeza dos espaços museológicos, bem como a conservação dos acervos.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • MENDES, Marylka (Org.). Conservação: conceitos e práticas. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2011. MUSEU DE ASTRONOMIA E CIÊNCIAS AFINS. Conservação de acervos. Rio de Janeiro: MAST, 2007. (MAST Colloquia; 9). TEIXEIRA, Lia Canola; GHIZONI, Vanilde Rohling. Conservação preventiva de acervos. Florianópolis: FCC, 2012. 74p. (Coleção Estudos Museológicos, v.1).

Bibliografia Complementar:

  • CALVO, Ana. Conservacion y restauracion: materiales, tecnicas y procedimientos de la A a la Z. 3. ed. Barcelona: Ediciones del Serbal, 2003. FUNARI, P.P.A. Os Desafios da Destruição e Conservação do Patrimônio Cultural no Brasil.Trabalhos de Antropologia e Etnologia, Porto, 41, ½, 2001, 23-32. GONZÁLEZ-VARAS, Ignacio. Conservación de bienes culturales: teoría, historia, principios y normas. 6. ed. Madri: Catedra, 2008. (Manuales Arte Cátedra). THE COUNCIL FOR MUSEUMS, ARCHIVES AND LIBRARIES. Museologia: roteiros práticos 4. Segurança de Museus. São Paulo: Edusp/ Fundação Vitae, 2003. THE COUNCIL FOR MUSEUMS, ARCHIVES AND LIBRARIES. Museologia: roteiros práticos 5. Parâmetros para a conservação de acervos: um roteiro de auto-avaliação. São Paulo: Edusp/ Fundação Vitae, 2004.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
M1 2021 / 1 40 6 Museologia (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
SEG08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
SARAH MAGGITTI SILVA
Professor responsável pela turma

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
CONSERVAÇÃO E PRESERVAÇÃO II Museologia (Bacharelado)

Página gerada em 01/12/2021 04:26:18 (consulta levou 0.108953s)