Nome do Projeto
Apostila de Imunologia, como recurso didático ensino/aprendizagem para alunos de Medicina e Nutrição
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
21/04/2016 - 20/04/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Resumo
O modelo de projetos tem muito a ver com as concepções modernas de ensino e de aprendizagem, são uma atividade desenvolvida em equipe que têm como objetivo a compreensão de uma situação ou fato. O ponto de partida é uma situação problemática, trazida pelos alunos ou proposta pelo professor, cujo o enfrentamento vai requerer a organização das atividades de aprendizagem, que os monitores ajudam a planejar. Deste modo, tal estratégia pretende reduzir o distanciamento entre os conteúdos programáticos e a experiência dos alunos.

Objetivo Geral

O Objetivo maior é a produção e edição de uma apostila de Imunologia para uso nas disciplinas de imunologia dos Cursos de Medicina e Nutrição.

Justificativa

A imunologia é um campo da ciência de característica multidisciplinar, com interface em várias áreas da biologia e intimamente conectada a importantes temas de saúde como, AIDS, câncer, alergias, infecções, transplantes e vacinas. A Imunologia demanda pensar a biologia de forma ampla e integrada, certamente um grande desafio na ciência hoje. Os estudantes acham que aprender Imunologia é difícil, consideração esta que tem nos perseguido nos últimos 20 anos, já recebemos diversas respostas de alunos e professores, sendo a mais comum "a característica abstrata dos conceitos imunológicos que confere uma carga de subjetividade e incerteza que incomoda". Alem disso, observa-se que os alunos do ensino médio tem pouca informação sobre o sistema imunológico, o que também contribui para a dificuldade dos alunos recém ingressantes em cursos de graduação. Uma apostila didática de Imunologia para alunos de Medicina e Nutrição pode amenizar estas dificuldades e facilitar o processo de ensino/aprendizagem, além disso o material pode relacionar conceituação científica com aspectos mais amplos, como os relativos a Imunologia e saúde, do que quando se limitam a abordar apenas aqueles que dizem respeito à estrutura do conhecimento que origina as ementas e programas de suas disciplinas. O projeto de produção de material didático possibilita que o aluno-bolsista reflita sobre a ação educativa na Universidade e a problemática de carência de materiais que subsidiam o ensino, neste caso a área de Imunologia. Uma das limitações, neste tipo de proposta, é a ausência ou número reduzido de alunos - bolsistas (monitores) envolvidos no projeto e a dificuldade de construção de materiais didáticos com recursos reduzidos. Por isso, é fundamental contar com os monitores para a execução deste tipo de proposta.

Metodologia

O trabalho pretende expor a sistemática de desenvolvimento do projeto de produção de material didático (apostila de Imunologia) que começa com o planejamento, execução, avaliação e edição final. Assim sendo, o planejamento inicial de cada construção de material didático é realizado pelos bolsistas (monitores) do programa. Após o esboço do plano, a ideia é reelaborada com apoio do coordenador e colaboradores orientadores, tendo em vista a seleção dos materiais necessários para a execução. Para a execução da proposta, será necessário a atuação direta de pelo menos dois (2)bolsistas em funções de monitoria. As atividades do projeto ocorrerão em duas fases, na primeira fase os monitores irão acompanhar e auxiliar as atividades de ensino da disciplina de Imunologia (0030064) do Curso de Medicina e a disciplina de Microbiologia e Imunologia (0030035) do Curso de Nutrição, ambas da Universidade Federal de Pelotas. O conteúdo programático destas disciplinas envolve, além de aulas teóricas expositivas e práticas, também estudos de casos e seminários. O papel do monitor aqui será de ajudar na realização destas atividades e assim dar-lhe condições para desenvolver o planejamento da apostila.
Numa segunda fase, após treinamento dos monitores, estes darão inicio na construção do material didático (apostila) para uso nas disciplinas mencionadas. Serão realizadas reuniões quinzenais no intuito de elaborar e executar as atividades planejadas, bem como avaliar o alcance das mesmas.

Resultados Esperados

- Espera-se que o programa de monitoria interfira positivamente na qualidade do processo ensino/aprendizagem.
- Impactar positivamente o desempenho acadêmico com a presença do aluno monitor.
- Reduzir a dificuldade apresentada pelo aluno de Imunologia com o acesso a apostila.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALBINO MAGALHAES NETO421/04/201620/04/2017
CLÁUDIA COSTA PORTO608/08/201620/04/2017
DULCINEA BLUM MENEZES121/04/201620/04/2017
MILENE BICCA DA SILVEIRA608/08/201620/04/2017
TAILA FREITAS XAVIER608/08/201620/04/2017

Página gerada em 20/10/2019 13:50:51 (consulta levou 0.055728s)