Nome do Projeto
Métodos Complementares de Diagnóstico por Imagem na Clínica de Ruminantes
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
15/04/2016 - 15/04/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Resumo
O correto e rápido diagnóstico de enfermidades é crucial na clínica de ruminantes, auxiliando no encaminhamento de tratamentos adequados e para a rápida recuperação do paciente. Para isto, vários métodos complementares de diagnóstico podem ser utilizados, entre eles a ultrassonografia, endoscopia e radiografia. Estes são meios de diagnóstico por imagem com aplicação em vários sistemas do organismo, porém estes acabam sendo utilizados de forma limitada em ruminantes devido às poucas informações de literatura sobre os parâmetros fisiológicos para estas espécies, além do pouco treinamento de profissionais nesta área. Assim, este projeto visa determinar padrões de imagem ultrassonográfica, endoscópica e radiográfica de ruminantes enfermos e sadios, de forma a gerar informação científica e treinamento de alunos e profissionais para realização e interpretação destes exames, contribuindo com a empregabilidade destas técnicas na clínica de ruminantes.

Objetivo Geral

O objetivo deste projeto é realizar treinamento de estudantes para realização e interpretação de exames complementares de diagnóstico por imagem na clínica de ruminantes, bem como gerar informações científicas para aumentar a utilização destas técnicas na rotina clínica de Médicos Veterinários que atuam na área de clínica de ruminantes.

Justificativa

Este projeto visa desenvolver diversas habilidades em profissionais com atuação na clínica de ruminantes, como:
- Conhecimento sobre a anatomia topográfica de ruminantes;
- Manuseio dos equipamentos de radiografia, endoscopia e ultrassonografia convencional e doppler;
- Interpretação dos resultados de exames de radiografia, endoscopia e ultrassonografia convencional e doppler em ruminantes sadios e enfermos;
- Capacidade de relacionar os achados clínicos do paciente com os resultados de exames complementares;
- Capacidade de trabalho em equipe;
- Capacidade de escrever trabalho científico;
- Capacidade de comunicação, através da apresentação de seminários.

Metodologia

As atividades serão realizadas semanalmente com uma data fixa, no formato de oficinas, terão duração de 2 (duas) horas, acompanhadas pelos docentes responsáveis pelo projeto e ainda contará com o apoio de outros profissionais capacitados nas áreas relacionadas. Participarão dos treinamentos um grupo de 15 pessoas envolvendo graduandos matriculados em medicina veterinária a partir do 5º semestre e pós-graduandos relacionados à clínica medica de ruminantes, incluindo também os residentes da área.
Os treinamentos serão divididos em sistema locomotor, com 4 atividades, sistema digestório, respiratório, circulatório e geniturinário com 2 atividades cada, sendo que no primeiro encontro de cada um será estudada a anatomia topográfica das estruturas em peças dissecadas, será utilizada a ferramenta de multimídia para os estudos e ainda aparelhos de ultrassonografia, aparelho radiográfico e endoscópio. A intenção é visualizar o padrão fisiológico das estruturas e relacionar com possíveis alterações. Para isso serão utilizadas peças obtidas em frigoríficos da região.
As atividades seguintes de cada sistema serão animais, com e sem alterações, buscando relacionar os estudos teóricos com a prática. Nestes treinamentos serão utilizados os aparelhos de radiografia, ultrassonografia convencional e com doppler, e endoscopia. Feita uma avaliação primária pelo orientador do treinamento, segue então a prática dos alunos para que adquiram as habilidades pretendidas com a atividade, que é a de realização e interpretação dos exames. Para isto serão utilizados os ruminantes enfermos encaminhados ao Hospital de Clínicas Veterinária (HCV) da UFPel, bem como os animais pertencentes ao HCV.
Ao final dos treinamentos será gerado um banco de dados, com imagens e materiais que posteriormente sendo organizados servirão como base para estudo e consulta de alunos e profissionais da área.

Resultados Esperados

Espera-se que ao final do projeto os alunos tenham adquirido conhecimento e prática na área de diagnóstico por imagem, podendo realizar e interpretar estes exames com clareza e habilidade. Ainda, espera-se que a partir das atividades possam ser elaborados materiais como banco de imagens, documentos e artigos que venham a ser utilizados como base de estudo e divulgação das técnicas aprendidas.

Indicadores, Metas e Resultados

Cronograma de Atividades (etapas)

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA LUISA SCHIFINO VALENTE215/04/201615/04/2017
ANTÔNIO AMARAL BARBOSA215/04/201615/04/2017
CHARLES FERREIRA MARTINS215/04/201615/04/2017
DANIELA APARECIDA MOREIRA215/04/201615/04/2017
EDUARDO SCHMITT215/04/201615/04/2017
FABIANE PEREIRA DE MORAES215/04/201615/04/2017
GUILHERME ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA CAVALCANTI215/04/201615/04/2017
LARISSA ALT TAVARES215/04/201615/04/2017
LAÍSE QUEVEDO GHELLER2001/05/201631/12/2016
LUCAS AUGUSTO GUSSO HASSE215/04/201615/04/2017
MARCIO NUNES CORREA215/04/201615/04/2017
MARIA CAROLINA NARVAL DE ARAUJO215/04/201615/04/2017
MATHEUS GOMES LOPES215/04/201615/04/2017
MAURICIO CARDOZO MACHADO215/04/201615/04/2017
OTAVIO DE CARVALHO MADRUGA215/04/201615/04/2017
OTÁVIO ZACHER BUCHAIN215/04/201615/04/2017
RAITINELLY FERNANDA ALEGRE DA SILVA215/04/201615/04/2017
RITIELI DOS SANTOS TEIXEIRA215/04/201615/04/2017
ROBERTO ALMEIDA BELLOLI215/04/201615/04/2017
RODRIGO CHAVES BARCELLOS GRAZZIOTIN215/04/201615/04/2017
TAÍS DA SILVA RIBES215/04/201615/04/2017
TIAGO GARLET215/04/201615/04/2017
VINICIUS MONTAGNA COPES215/04/201615/04/2017
VIVIANE ROHRIG RABASSA215/04/201615/04/2017

Página gerada em 19/07/2019 01:05:57 (consulta levou 0.053059s)