Nome do Projeto
46ª Semana Acadêmica da Agronomia
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
23/06/2016 - 02/09/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia
Resumo
O Diretório Acadêmico Dr. Nunes Vieira (DANV), fundado em 15 de abril de 1918 na cidade de Pelotas é a entidade de base e representativa dos estudantes da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel. A faculdade foi criada no ano de 1883, ainda durante o período imperial, logo após a primeira faculdade de agronomia em São Bento das Lages (Cruz das Almas – Bahia). Como esta última esteve desativada, a FAEM passou a ser a faculdade e o curso de Agronomia mais antigo no Brasil, atualmente, com 132 anos de funcionamento ininterrupto, proporcionando a formação de mais de 6500 engenheiros agrônomos, que passaram a atuar nacional e internacionalmente. É importante destacar que o campo de ação desses profissionais engloba diversas áreas, além das habilitações técnicas do nosso currículo. Esta formação plural, ampla e crítica só pode ser alcançada devido à contribuição proporcionada pelos diferentes espaços que participamos em nosso período acadêmico, que integram o denominado “currículo oculto”. Na formação de nossos estudantes destaca-se o papel que tem cumprido as Semanas Acadêmicas da Agronomia – ou simplesmente “SEAGRO”, que têm sido um espaço enriquecedor, plural e de protagonismo estudantil. No ano de 2015 ocorreu a 45ª SEAGRO, que contou com presença de mais de 300 participantes, entre ouvintes, palestrantes e organizadores – distribuídos entre estudantes de graduação (sobretudo em agronomia), pós-graduação, estudantes de nível técnico, intercambistas, professores, pesquisadores e profissionais do ramo do agronegócio, bem como como a participação de estudantes de outras universidades e da comunidade externa. É em virtude desta demanda que iniciamos a organização da 46ª SEAGRO, a fim de dar continuidade às discussões e a formação complementar.

Objetivo Geral

A 46ª SEAGRO tem como objetivo desenvolver um processo de debate sobre a construção da carreira acadêmica e o futuro no mercado de trabalho, o papel deste na formação profissional e continuada do Engenheiro Agrônomo referenciando-se historicamente no modelo de organização da exploração agropecuária, para que assim possamos criar, aperfeiçoar e otimizar propostas de desenvolvimento e alternativas produtivas ao campo brasileiro do agronegócio. Fortalecer ainda a ação do profissional como um protagonista da ação científica em seus diferentes campos e debater sobre a formação e papel desta perante a tarefa que a sociedade os remete, para o aprimoramento da nossa formação e sua consequente atuação profissional, assim formando profissionais com alto valor intelectual e de valor que possam agregar conhecimento no mercado de trabalho possibilitando um maior desenvolvimento na área na qual atue, evidenciando que assim teremos profissionais com alto valor no mercado de trabalho objetivando a produção agrícola do Brasil.

Justificativa

A educação universitária, como o próprio nome já exprimi, não deve se limitar a um foco específico ou campo de ação, e sim, contemplar a universalidade dos temas abordados nas suas interações com a realidade, pois é assim que os enfrentaremos em nossa ação. Portanto nós, enquanto “conhecedores do acúmulo científico” não podemos limitar-nos a simplesmente buscar aperfeiçoá-lo, no mundo da abstração de nossas ideias, sem que suas interações com a realidade se verifiquem e sejam debatidas de forma coletiva. Com base em uma referência concreta pautado no diálogo e na diversidade de interpretações, de verificação ampla e associada com as alternativas levantadas podemos chegar a proposições mais acertadas.

Para tal, é preciso compreender que a academia deve abrir espaços não formais ao chamado “currículo oculto”, visto que estes contribuem substancialmente para o debate sobre formação profissional em consonância com a realidade agrária brasileira e suas contradições. Entendemos que a disputa a respeito do conhecimento adquirido e construído, bem como a formação profissional, passa por espaços de discussão, com enfoque final no constante aperfeiçoamento.

Sendo assim, a realização da 46ª SEAGRO se propõe a construir aquelas referências e assumir este relevante papel na formação de futuros profissionais que se unirão aos já construtores, contribuindo, desta forma, para a melhoria da sociedade em que vivemos.

Metodologia

Será estipulado o tempo de 50 minutos por palestra, quatro palestras por turno, com um intervalo (cofre break).

Haverá a oferta de mini cursos.

Sistemática metodológica organizacional á definir.

Resultados Esperados

O evento visa confrontar a realidade do mercado de trabalho com o conhecimento passado nas disciplinas do curso de Agronomia, fazendo um contraponto de acordo com a visão do aluno quanto ás necessidades de se preencher e complementar as lacunas temáticas que ocorrem durante o decorrer do curso.

Indicadores, Metas e Resultados

Nesta edição, o evento será realizado em 3 (três) dias, e não mais em 5 (cinco), a fim de não prejudicar o calendário individual docente às disciplinas do curso, dando a possibilidade de equilibrar-se e balancear-se as desproporcionalidades de cronograma entre turmas de uma mesma disciplina decorrentes pontos facultativos ou feriados.

Será realizado no mês de agosto, verificando-se a sequência de datas mais propicia, levando em conta os pontos citados acima:
(a) De segunda a quarta-feira;
(b) De terça a quinta-feira;
(c) De quarta a sexta-feira.

Além disso, este ano o evento contará com dois professores orientadores, sendo eles (a) Professor Dr. Luis Antonio de Avila, lotado no Departamento de Fitossanidade da FAEM/UFPel, e (b) o Professor Dr. Nathan Vanier, lotado no Departamento de Ciência e Tecnologia Agroindustrial, também da FAEM/UFPel.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA PAULA FERREIRA DE LIMA123/06/201602/09/2016
ARIEL MACHADO PEREIRA123/06/201602/09/2016
BRUNA PORTELLA TELLES123/06/201602/09/2016
CARLOS DIONATA COELHO PORTO123/06/201602/09/2016
CAUANE BORGES DA LUZ123/06/201602/09/2016
DANIELA FARIAS KAUFMANN123/06/201602/09/2016
EDINALVO RABAIOLI CAMARGO123/06/201602/09/2016
FLAVIA CAROLINA BIGLIA123/06/201602/09/2016
ILENICE HARTWIG123/06/201602/09/2016
JOSIANE VARGAS DE OLIVEIRA MAXIMINO123/06/201602/09/2016
LUIS ANTONIO DE AVILA123/06/201602/09/2016
MARCOS JARDEL MATIAS SOARES123/06/201602/09/2016
MICAEL MACHADO DA SILVA123/06/201602/09/2016
NATHAN LEVIEN VANIER123/06/201602/09/2016
PATRICK DA SILVA SILVA123/06/201602/09/2016
RAFAEL SILVA DA SILVA123/06/201602/09/2016
RUGGERO MENDES CERETTA123/06/201602/09/2016
VANESSA NERVIS123/06/201602/09/2016

Página gerada em 09/12/2019 21:56:12 (consulta levou 0.043981s)