Nome do Projeto
A Multifuncionalidade dos Espaços Rurais: o contexto dos pequenos municípios
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
05/07/2016 - 23/08/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Humanas - Geografia - Geografia Agrária
Resumo
O segmento da agricultura familiar caracteriza-se por apresentar uma ampla diversidade de combinações, tanto no que se refere à disponibilidade quanto ao uso e distribuição dos recursos – terra, trabalho e capital - no interior das unidades produtivas. Essa diferenciação pode ser observada em diversas escalas, tanto nacional, regional e local, ou seja, até mesmo em uma comunidade rural. A agricultura familiar, dessa forma, torna-se foco de estudos, principalmente àqueles relacionados às estratégias adotadas por este segmento para se organizar e reorganizar diante das especificidades do modo de produção capitalista. Assim, justifica-se aprofundar o conhecimento acerca da produção familiar na agricultura, vis a vis a diversidade de formas e de processos de adaptação e inserção no sistema de mercado ou ainda, na manutenção de estratégias não-capitalistas de reprodução social e permanência no contexto produtivo do espaço rural. Para entender a organização da produção familiar, nesses termos, é necessário considerar que a diferenciação entre produtores familiares é fruto do desenvolvimento de uma agricultura moderna, que incorpora o progresso tecnológico, formando uma camada de produtores “ditos” modernos e, no outro extremo, aqueles que adotaram outras estratégias de desenvolvimento e de reprodução social e territorial. Sendo assim, pode-se dizer que mesmo com a difusão do processo de modernização da agricultura persiste um patrimônio cultural camponês, identificável por meio dos conhecimentos sobre a gestão dos agroecossistemas e da sociabilidade camponesa, entendido a partir de uma abordagem geográfica como as “territorialidades” da agricultura familiar. Dessa maneira, o ponto de partida dessa pesquisa reside no reconhecimento da existência de diferentes territorialidades na agricultura familiar camponesa e dar visibilidade a esta realidade poderá representar um aporte eficaz no enfrentamento dos problemas relacionados ao desenvolvimento territorial.

Objetivo Geral

• Identificar as potencialidades e restrições para o desenvolvimento da multifuncionalidade do rural no contexto dos pequenos municípios brasileiros.

Justificativa

Justifica-se a proposta de um projeto de ensino voltado para a discussão dos eixos temáticos agricultura familiar e suas
estratégias de reprodução social e territorial em pequenos municípios a partir da multifuncionalidade do rural como uma possibilidade de reflexão acadêmico-científico, proporcionando
aos alunos participantes consolidar sua formação extracurricular. Nesse sentido, o Laboratório de Estudos Agrários e
Ambientais – LEAA - ICH apresenta-se como espaço para realização de atividades desta natureza, além dos projetos
de pesquisa e extensão desenvolvidos pelo referido Laboratório.
Com este propósito o LEAA promove a realização de um grupo de estudos para discutir a multifuncionalidade do
espaço agrário, com ênfase no segmento da agricultura familiar, o qual é o lócus de transformações nas relações
sociais de trabalho observadas, atualmente, nas áreas rurais. Esta atividade justifica-se pela necessidade de oferecer
um aporte teórico-metodológico para realização das monografias de conclusão de curso e dissertações realizadas
sobre a temática em foco, enriquecendo as discussões sobre a relação ensino/pesquisa/extensão.

Metodologia

O desenvolvimento deste projeto de ensino vincula-se a temática proposta pelo grupo de pesquisa/CNPq
- ESTUDOS AGRÁRIOS E AMBIENTAIS e, dessa forma, pretende contribuir para a produção do conhecimento científico a cerca da organização do espaço rural tomando como categoria de análise a
agricultura familiar camponesa.
O grupo de estudo será organizado em quatro momentos:
• O primeiro tratará das questões teóricas sobre as seguintes categorias de análise para a agricultura e mais especificamente, no que se refere a compreensão das temáticas agricultura familiar,
pequenos municípios, multifuncionalidade e território; . Esta etapa será realizada por meio de grupos de estudos orientados por professores e palestrantes, especialistas nos temas propostos.
• O segundo momento tem como sistematização metodológica discutir e aprofundar o entendimento dos pressupostos teórico - metodológicos, adotados pelos estudiosos das questões agrárias,
para estabelecer as inter-relações entre o segmento da agricultura familiar e a multifuncionalidade do espaço rural, para tanto será utilizado um conjunto de leituras/textos como referencial bibliográfico;
• No terceiro momento, a fim de relacionar os pressupostos teóricos analisados pelo grupo de estudos, prevê-se a realização de pesquisa de campo junto a algumas propriedades rurais que adotam estratégias de reprodução social e territorial de forma diversificada, utilizando recursos como gravador, máquina fotográfica, GPS, cartas topográficas e mapas;
• Por fim, no quarto momento, será elaborado um artigo científico pelo grupo participante com base no material bibliográfico analisado e discutido ao longo do projeto, e complementado, com as observações empíricas obtidas nas atividades de campo;

Resultados Esperados

- Realização de um grupo de estudos interinstitucional via vídeo conferência, com discussões acerca da temática proposta, baseada nos referenciais teóricos em questão.
- Publicação de artigo em periódicos científicos;
- Realização de monografia de conclusão de curso de graduação e dissertação de mestrado.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ARLENE FEHRENBACH305/07/201623/08/2016
GIANCARLA SALAMONI305/07/201623/08/2016
HENRIQUE MÜLLER PRIEBBERNOW305/07/201623/08/2016
JULIANA CRISTINA FRANZ3
MAIARA TAVARES SODRÉ3
MARIA REGINA CAETANO COSTA305/07/201623/08/2016
QUELI REJANE DA SILVA KONZGEN305/07/201623/08/2016

Página gerada em 03/12/2020 22:49:26 (consulta levou 0.054048s)