Nome do Projeto
Laboratório de Estudo e Pesquisa em Prevenção e Tratamento de Lesões Cutâneas
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
10/04/2017 - 10/04/2018
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Enfermagem
Resumo
A profissão de enfermagem engloba conhecimentos específicos e social que relacionam suas práticas, tanto no contexto individual como no coletivo. A construção de seu conhecimento se aproximou das áreas biológicas, biomédicas, sociais e humanas. Neste sentido o cuidado da enfermagem se reflete na influência destas áreas ao se deter ao corpo biológico e os saberes que o fortalecem a ciência, a tecnologia e a inovação em diferentes áreas sociais. No Brasil, este crescimento se torna vigente principalmente na pós- graduação com a expansão de cursos e programas voltados ao crescimento da produtividade cientifica (SCOCHI; MUNARI; GELBCKE, 2013). Para a Enfermagem este fortalecimento e desenvolvimento de pesquisas é uma importante estratégia para exercer uma prática profissional sustentada em busca de novos conhecimentos. As competências no cuidado se tornaram importantes na educação e gerenciando para a formação e o exercício profissional do enfermeiro em diferentes áreas (ERDMANN; LANZONI, 2008). Neto (2006) afirma que as condições de trabalho e a carga de trabalho dos profissionais de saúde, em especial dos enfermeiros e médicos estão relacionadas com o grau de segurança da assistência prestada aos pacientes para melhor atuarem na segurança do paciente. Cabe a enfermagem atuar com a interdisciplinaridade com outros profissionais da saúde para a construção de saberes no enfrentamento de dificuldades que tangem as práticas sanitárias a fim de melhor atender o ser humano (SCOCHI; MUNARI; GELBCKE, 2013).

Objetivo Geral

Favorecer a aprendizagem propiciando aos discentes, atividades voltadas ao estudo e a pesquisa sobre lesões cutâneas assim como proporcionar práticas, vivências em ambiente hospitalar desenvolvidas junto aos profissionais de saúde e docentes que atuam na prevenção e tratamento de lesões cutâneas no Hospital Escola UFPEL/EBSERH.

Justificativa

O aumento da produção científica no campo da Enfermagem desde a década de 70 (SCOCHI; MUNARI; GELBCKE, 2013), proporciona a preocupação de conduzir estudos que priorizem o cuidado baseado em evidência no ambiente hospitalar. No Brasil, os conhecimentos são organizados em áreas de concentração e linhas de pesquisa. Entende-se por área de concentração um campo delimitado de conhecimento, por exemplo, no processo saúde e doença, se sustenta por um domínio temático. A linha de pesquisa determina os rumos do que vem sendo investigado um determinado contexto ou realidade, permitindo limitantes de um campo específico de conhecimento (ERDMANN; LANZONI, 2008).
De acordo com Brasil (2012), as pesquisas envolvendo seres humanos devem atender às exigências éticas e científicas fundamentas. Por exemplo, a confirmação de benefícios, malefícios ou ausência de efeito que produtos, programas, ou atitudes podem trazer à saúde humana.
No entanto, a simples recomendação de determinada conduta não é suficiente para a mudança do comportamento em relação ao resultado esperado. Tal situação pode ocorrer devido ao fato de que o comportamento, o cuidados de lesões cutâneas, não são baseados ao uso de protocolos, mas de maneira individual, sem uma padronização da melhor evidência assistencial.
Essa complexa rede, quando não compreendida apropriadamente, pode muitas vezes dificultar a adesão às orientações ao cuidado com a pele, frustrando não só o “paciente” como também a equipe de enfermagem e interdisciplinar. Neste sentido, questionamentos, busca de literatura, pesquisas realizadas e discussões desta natureza originaram a ideia de se constituir o “Grupo de Estudos e Pesquisa Em Prevenção e Tratamento de Lesões Cutâneas”, com o objetivo de instrumentalizar docentes e discentes interessados na realização de pesquisas de abordagem quantitativa e qualitativa, para melhor compreender os cuidados com lesões cutâneas e auxiliar os profissionais de saúde em cuidados baseados em evidência.

Metodologia

O projeto consiste na realização de encontros quinzenais para a discussão a cerca de conhecimento sobre lesões cutâneas e formas de estudos metodológicos que defina o melhor tipo de pesquisa, qualitativa, quantitativa e ou métodos mistos a fim de estabelecer várias vertentes de pesquisa, com enfoque em lesões cutâneas. Assim como para acompanhamento das atividades práticas de prevenção e tratamento de lesões cutâneas junto aos membros do Grupo de Pele da instituição.
Os encontros ocorrerão às terças-feiras, nas dependências do Hospital Escola UFPEL/EBSERH, conforme cronograma em anexo.

Resultados Esperados

Com a aplicação deste projeto de ensino espera-se:

 Contribuir com a ampliação e qualificação da pesquisa na área da Enfermagem, assim como das intervenções no âmbito da educação para prevenção de lesões cutâneas, oportunizando a inserção acadêmico-profissional em um campo de conhecimento ainda não muito explorado na instituição em que será realizado;
 Ocorrência de aprendizagem significativa dos alunos, no estudo e na pesquisa sobre prevenção e tratamento de lesões cutâneas no seu contexto;
 Motivação de alunos e profissionais da área da saúde do hospital para estudo e pesquisa sobre prevenção e tratamento de lesões cutâneas.

Indicadores, Metas e Resultados

Abrangência

Alunos a partir do 4° semestre do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIZE RUTZ PORTO110/04/201710/04/2018
BRUNA ALMEIDA DA SILVA401/03/201810/04/2018
BRUNA BUBOLZ DE OLIVEIRA401/03/201810/04/2018
CAIO ERNANE SILVEIRA DE ALMEIDA401/03/201810/04/2018
DANIELA MARQUES HERZER10
DANUZA RAVENA BARROSO DE SOUZA4
EMILY LARROQUE SELL401/03/201810/04/2018
FABIANE VOSS KLEMTZ401/03/201810/04/2018
FELIPE FERREIRA DA SILVA210/04/201710/04/2018
FERNANDA BORGES DE SOUZA210/04/201710/04/2018
FERNANDA SANTANA TRISTAO210/04/201710/04/2018
HELENA RIBEIRO HAMMES210/04/201710/04/2018
JANAÍNA BAPTISTA MACHADO202/10/201710/04/2018
JEFFERSON SALES DA SILVA 10
JULIANA BORDONI CANÊZ401/03/201810/04/2018
JULIANA GRACIELA VESTENA ZILLMER110/04/201710/04/2018
JÉSSICA ROSSALES DA SILVA210/04/201710/04/2018
KASSIA GUEDES DOS SANTOS FONSECA401/03/201810/04/2018
LEONARDO MAURELL PIERZCKALSKI210/04/201710/04/2018
MARIA ANGELICA SILVEIRA PADILHA210/04/201710/04/2018
MICHÉLE RODRIGUES FONSECA210/04/201710/04/2018
NATÁLIA DE LOURDES DINIZ MENEZES210/04/201710/04/2018
PATRICIA TUERLINCKX NOGUEZ110/04/201710/04/2018
THIAGO HENRIQUE PEREIRA NUNES4

Página gerada em 14/11/2019 19:41:42 (consulta levou 0.056020s)