Nome do Projeto
GUIA PRÁTICO DE HISTOLOGIA DOS TECIDOS
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
13/11/2017 - 13/10/2018
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Morfologia - Histologia
Resumo
Em um curso prático de Histologia, os alunos devem adquirir as seguintes habilidades: (1) reconhecer as características microscópicas das principais células, tecidos e órgãos do corpo, (2) conhecer, de forma elementar, a relação entre a estrutura microscópica e sua função, e (3) familiarizar-se com o aspecto microscópico normal das células, tecidos e órgãos em diferentes condições – atividade funcional, mudanças durante o desenvolvimento, erros técnicos, e condições patológicas (Cowdry e Finerty, 1960). A questão é como adquirir essas habilidades? Em um curso de Histologia tradicional, o método para aprender a reconhecer as estruturas microscópicas, consiste em fornecer ao aluno: (1) um microscópio, (2) um conjunto de lâminas histológicas, e (3), material descritivo, como um guia de apoio ou livro texto. Este método tem se mostrado eficaz ao longo de várias décadas. O aluno, então, necessita dedicar um tempo memorizando as imagens histológicas, o que ocorre pela repetição da observação (Cowdry e Finerty, 1960; Stinson e Smith, 1968). Este também deve relacionar a forma das estruturas microscópicas com a função desempenhada pelas mesmas (Hightower, Boockfor et al., 1999).Em virtude da revolução digital que vem ocorrendo nas últimas décadas, novas ferramentas têm sido aplicadas no ensino de Histologia. Os atlas histológicos virtuais fornecem ao estudante imagens de alta qualidade e permitem ainda o acesso remoto dessas após o período de aula, favorecendo estudos mais dinâmicos e estimulantes (Blake, Lavoie et al., 2003).Diante disso, a elaboração de um guia em Histologia, ao qual serão acrescentadas imagens histológicas digitalizadas (fotomicrografias) associadas às representações gráficas, poderá contribuir para minimizar as carências em relação à falta de disponibilidade do laboratório em horários extraclasse.

Objetivo Geral

A elaboração do “Guia Prático de Histologia dos Tecidos” pretende criar um novo roteiro de ensino virtual com imagens histológicas provenientes do acervo de lâminas do Laboratório de Histologia da UFPel, associado às representações gráficas presentes no livro “Bases para a Interpretação da Morfologia dos Tecidos” atualmente disponível (http://wp.ufpel.edu.br/angiogenese), possibilitando uma melhor dinâmica no ensino da microscopia pelos acadêmicos que cursam estas disciplinas semestralmente, através de uma ferramenta digital de ensino.

Justificativa

Durante as disciplinas de Histologia dos Tecidos, observamos as dificuldades enfrentadas pelos alunos em relação aos estudos extraclasse. No segundo semestre do ano de 2012, o Departamento de Morfologia da UFPel adquiriu um aparelho de captura de imagens, o qual está acoplado a um microscópio de luz, oportunizando a captura de imagens dos tecidos observados durante a aula prática. Dessa forma, os alunos podem estudar as imagens histológicas, provenientes da coleção de lâminas, fora das dependências do Laboratório de Microscopia.

A edição de um guia de Histologia dos Tecidos contendo imagens das lâminas histológicas, e suas representações gráficas correspondentes, surgiu da percepção de quatro aspectos considerados importantes pelos professores destas disciplinas, que são:

I. Necessidade de um material didático disponível em um ambiente diferente do laboratório de Microscopia, não necessitando de um aparato inacessível a maioria dos alunos, e que permita que esses possam adequar melhor os horários de seus estudos.

II. O roteiro ilustrado por imagens histológicas, associadas a desenhos gráficos, permitirá o registro da metodologia de ensino utilizada em Histologia dos Tecidos. O conjunto de ideias associadas (texto, imagens histológicas e desenhos esquemáticos) constitui um método que vem sendo aplicado durante o ensino prático de Histologia pelos professores, o qual poderá ser beneficiado através de um guia que reúna todas essas ferramentas.

III. Durante o tempo em que não estiver presente no laboratório de Histologia, o aluno poderá apreciar as imagens geradas pelas diferentes técnicas de coloração associadas ao microscópio de luz, aprimorando sua interpretação dos componentes teciduais juntamente com os esquemas e descrições.

IV. O uso de livros digitais favorece o acesso dos conteúdos através de materiais gratuito se disponíveis em qualquer lugar onde o estudante estiver, influenciando diretamente no nível de aprendizado desse aluno.

Metodologia

O desenvolvimento desse novo guia de Histologia ocorrerá em quatro fases: (I) captura e seleção das imagens histológicas, (II) relacionar a descrição das imagens com as representações gráficas já existentes, (III) montagem e formatação do manual e (IV) publicação.
I. Captura das imagens
Inicialmente, os professores e aluno envolvidos no projeto selecionarão um conjunto de secções histológicas do acervo do laboratório de Histologia do Instituto de Biologia da UFPel, compreendendo todos os tecidos estudados nas disciplinas de Histologia. As lâminas selecionadas serão estudadas e suas imagens capturadas pela câmera Moticam 5, 5.0mp (Motic®, Inc) acoplada ao microscópio Nikon Eclipse E200, sendo finalmente armazenadas em um computador conectado ao sistema, presente no Laboratório de Histologia do Instituto de Biologia da UFPel. Os campos selecionados serão similares àqueles presentes nas representações gráficas do livro “Bases para a Interpretação da Morfologia dos Tecidos”. Serão capturadas pelo menos 60 imagens distintas, representativas de todos os tecidos a serem descritos.
II. Redação da descrição das imagens
As imagens histológicas serão descritas realizando uma analogia com as características destacadas nas representações gráficas. Além do texto fornecido, ao final de cada capítulo serão recomendadas leituras adicionais para estudos mais detalhados do conteúdo apresentado.
III. Montagem e formatação
Após o término da redação do texto, o manual será formatado no programa de edição de livros online (ebooks) iBooks Author versão 1.1 (Apple Inc., Califórnia, EUA).
O manual constará de quatro capítulos, segmentados na seguinte ordem: epitélio, conjuntivo, nervoso, muscular, conceitos fundamentais da histologia geral.

Resultados Esperados

Esperamos que esta publicação possa colaborar na superação das dificuldades enfrentadas pelos alunos durante o curso de Histologia Básica, principalmente no acesso ao laminário.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
LAURA BEATRIZ OLIVEIRA DE OLIVEIRA413/11/201713/10/2018
LUIZ FERNANDO MINELLO213/11/201713/10/2018
MARIA GABRIELA TAVARES RHEINGANTZ213/11/201713/10/2018
ROSANGELA FERREIRA RODRIGUES213/11/201713/10/2018
THAIS FIGUEIREDO RODEGHIERO213/11/201713/10/2018

Página gerada em 18/07/2019 10:19:43 (consulta levou 0.048445s)