Nome do Projeto
ZIGOTO: seminário de experimentações poeticoeducativas
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
01/05/2018 - 31/12/2018
Unidade de Origem
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes - Artes
Resumo
Resumo O Projeto de ensino ZIGOTO: seminário de experimentações poeticoeducativas é articulado ao Projeto de extensão Patafísica: mediadores do imaginário. O grupo de acadêmicos envolvido oscila em torno de 10 mediadores/integrantes que são alunos dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Artes Visuais do Centro de Artes/UFPel. O projeto de ensino visa ampliar e potencializar a troca de conhecimento desenvolvida por algumas ações do projeto de Extensão Patafísica: mediadores do imaginário. Assim, propõe um grupo de estudo, de frequência regular, que a partir da investigação bibliográfica e da produção científica do campo da arte e da educação articulado às experiências em arte/educação/mediação procura desenvolver o intercâmbio entre a formação de público, voltada ao ensino da arte, e a formação artística/poética, voltada a produção do artista. Por uma metodologia cartográfica, atravessada por conversas/reuniões, mediações, leituras, criações de proposições de mediação, filmes, etc prevê a criação de um Seminário (Seminário de experimentações poeticoeducativas) para o segundo semestre de 2018. O Seminário será oferecido principalmente para os acadêmicos dos cursos de Artes Visuais – Licenciatura e Bacharelado - do CA/UFPel e egressos desses cursos, bem como agentes de educação da cidade de Pelotas.

Objetivo Geral

O objetivo do projeto é ampliar e potencializar os estudos, as discussões e produções em torno da mediação artística para um número maior de acadêmicos dos cursos de Artes Visuais do Centro de Artes e seus egressos, podendo abarcar a comunidade escolar da cidade de Pelotas. Como resultado desses estudos propomos a realização de um Seminário (Seminário de experimentações poeticoeducativas) no segundo semestre de 2018.

Justificativa

O projeto justifica-se no vértice da produção poética com a produção de metodologias de ensino e aprendizagem da arte que reafirmem a intersecção da formação no Bacharelado e na Licenciatura em Artes Visuais. Logo, busca promover encontros e discussões no espaço público e institucional para aproximar a comunidade da arte de si mesma, explorando outros pontos de convergência, tangência e distanciamento.
Desde 2013 o grupo/Projeto de Extensão Patafísica: mediadores do imaginário percebe que através da mediação artística, entre obra de arte e público, o repertório de vida de cada visitante/artista/mediador emerge, na medida que articula e acolhe sua experiência artística de forma individual e coletiva. Dentro dos procedimentos do grupo, desde o estudo do tema/exposição, criação de proposição de mediação, até o acontecimento da mediação, as proposições de mediação se fazem configurando um público em sua multiplicidade, desfazendo os polos entre público, artista e obra, no sentido de reforçar o encontro dos agentes envolvidos e potencializar a experiência estética.
Entendendo necessária para a formação do artista e/ou do arte educador tais percepções o projeto de ensino pretende proporcionar um alargamento do ambiente de estudo, reflexão e experiências artísticas, explorando as possibilidades do espaço público da cidade e também dos espaços institucionalizados. Pelo viés da metodologia de criação das mediações e do acontecimento da mediação visa entrelaçar a comunidade acadêmica e encontrar a comunidade em geral, abraçando o público espontâneo e acadêmico ao redor do Centro de Artes, bem como escolas nas quais alunos egressos atuem como professores.
Dessa forma, articulando as experiências teóricas e práticas, os alunos terão a oportunidade de discutir e estudar coletivamente temas de interesse pessoal e coletivo que estejam articulados a arte, aos espaços de arte e de educação, seus agentes, formação de público, mediação, educação, etc.

Metodologia

O bolsista irá atuar junto ao grupo Patafísica: mediadores do imaginário. Participará das reuniões semanais, das ações de acolhimento juntos as escolas, das criações e realizações de mediações, ficando responsável pela organização, elaboração e desenvolvimento do Seminário.
O Seminário pretende acontecer com encontros mensais em espaços públicos e instituições de arte e/ou educação promovendo parcerias e criando outros espaços. Os encontros mensais buscam discutir as possibilidades de ensino da arte através da proposição artística e do acontecimento efêmero, bem como a produção e criação em arte de caráter experimental e propositiva. A partir da metodologia do Grupo Patafísica, que pensa a criação da proposição de mediação e o acontecimento da mediação como um “produto” artístico, trazemos como referência para esses encontros artistas brasileiros como Hélio Oiticica, Lygia Clark e Lygia Pape, que desde a década de 1960 exploram esse viés propositivo/participativo da obra de arte; as ações realizadas por Frederico de Morais com os Domingos no Parque, que aconteciam no jardim do MAM/RJ e arte-educadoras como Ana Mae Barbosa, que contemplam nosso pensamentos para um ensino da arte a partir da experiência do saber e fazer.
Assim, o bolsista irá atuar como catalizador, organizador e proponente dessas atividades reflexivas, criativas e propositivas. Por uma metodologia cartográfica, a cada encontro mensal pretende-se gerar um produto estético/literário/propositivo coletivo oriundo da mediação. Ao final do Seminário esses produtos serão exibidos em exposição com o objetivo de explorar a intersecção entre os acadêmicos dos cursos de bacharelado e licenciatura em Artes Visuais.

Resultados Esperados

O projeto prevê um alargamento do ambiente de estudo, reflexão e experiências artísticas, explorando a produção poética com a produção de metodologias de ensino e aprendizagem da arte.
Espera, assim reafirmar a intersecção da formação no Bacharelado e na Licenciatura em Artes Visuais, através dos encontros e discussões no espaço público e institucional, aproximando a comunidade da arte de si mesma.
Acreditamos dessa forma promover movimentos de aproximação,
explorando pontos de convergência, tangência e distanciamento entre os cursos de Artes Visuais (Licenciatura e Bacharelado).

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ABIMAEL MARTINS DOS SANTOS323/08/201823/08/2018
AMANDA MARTINS DE ABREU323/08/201823/08/2018
ANDREIA VARGAS BARTEL323/08/201823/08/2018
BETINA SILVA DE SOUZA323/08/201823/08/2018
BRUNA LOPES SILVA323/08/201808/12/2018
CARINA WACHHOLZ NEVES323/08/201818/10/2018
CAROLINA CORREA ROCHEFORT401/05/201831/12/2018
CAROLINA MESQUITA CLASEN401/05/201831/12/2018
CHANISE CALDEIRA OLIVEIRA323/08/201823/08/2018
FELIPE ESTRELA CAMPAL4007/12/201808/12/2018
FRANCISCO FERRARI MAXIMILA327/09/201808/12/2018
GABRIEL CARDOSO AMARAL4007/12/201808/12/2018
GABRIELA DA COSTA GOMES4007/12/201808/12/2018
GEISELAINE PEREIRA DIAS323/08/201823/08/2018
ISABELLA RECHECHAM DA SILVA323/08/201823/08/2018
JÚLIA PETIZ PORTO401/05/201831/12/2018
KARINA GALLO301/05/201831/12/2018
LETÍCIA BECK FONSECA323/08/201823/08/2018
LIÉGE BUDZIAREK ESLABÃO401/05/201831/12/2018
LUAN DE PAULA BENTO 323/08/201823/08/2018
LUANA REIS SILVINO2001/05/201831/12/2018
LUZILANE ALVES BEZERRA323/08/201823/08/2018
Laura Sacco dos Anjos Torres323/08/201823/08/2018
MAIRA CAMARA NEIVA323/08/201808/12/2018
MAIRIN JORDANE RUTZ323/08/201823/08/2018
MARTHA GOMES DE FREITAS323/08/201823/08/2018
Maria Simone Pinto Pereira323/08/201823/08/2018
OLIVIA DE ALMEIDA SOARES318/10/201818/10/2018
PAOLA FERREIRA SILVEIRA323/08/201823/08/2018
PAULO RENATO VIEGAS DAME323/08/201823/08/2018
PEDRO SILVA MILANO318/10/201818/10/2018
RAFAELA BARBOSA RIBEIRO323/08/201818/10/2018
RAÍSSA CARDOSO LEAL323/08/201808/12/2018
STELA SOARES KUBIAKI4007/12/201808/12/2018
TALES MACEDO VARGAS327/09/201808/12/2018
VITORIA GRUNDEMANN VAISS323/08/201823/08/2018

Página gerada em 05/12/2020 12:59:10 (consulta levou 0.058191s)