Nome do Projeto
Introdução à pós-edição de textos traduzidos automaticamente
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
15/05/2018 - 20/07/2018
Unidade de Origem
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes - Linguística - Linguística Aplicada
Resumo
Em função do grande interesse por parte dos discentes dos cursos de Bacharelado em Tradução Inglês-Português e Bacharelado em Tradução Espanhol-Português, além da demanda superior ao número de vagas ofertadas em 2017-02, a reedição modificada do mini-curso intitulado “Introdução à pós-edição de textos traduzidos automaticamente” será uma oportunidade para discentes e docentes que não tiveram acesso ao minicurso ofertado no semestre anterior tomarem conhecimento da arquitetura dos principais sistemas de tradução automática (TA) utilizados no mercado bem como familiarizarem-se com a prática de pós-edição. De acordo com o European Standard for Translation Services, a pós-edição (PE) refere-se à análise e correção do texto resultante de um sistema automático ou semiautomático de tradução para assegurar sua conformidade com as leis naturais da gramática, pontuação, ortografia e significado (JOSCELYNE, 2006). Este minicurso é endereçado aos discentes e docentes do Centro de Letras e Comunicação. Para participar, os discentes e docentes necessitam ter conhecimento intermediário de manuseio de ferramentas de edição de texto (Word) e conhecimentos básicos em língua inglesa.

Objetivo Geral

Contribuir para a formação de tradutores no que tange à utilização de softwares de tradução automática e à pós-edição de textos traduzidos automaticamente.

Justificativa

Nos últimos anos, a pós-edição de textos traduzidos automaticamente tornou-se foco de interesse não só nos centros de pesquisa como também no mercado de tradução. A razão para esse crescente interesse reside no fato de que indústria e tradutores estão motivados a utilizar a pós-edição de textos traduzidos automaticamente devido à melhora na qualidade dos sistemas de tradução automática que, por sua vez, levam a ganhos na produtividade, que podem variar de 30 a 300%, conforme dados da Associação de Tradução Automática nas Américas (AMTA: Association for Machine Translation in the Americas).
Essa é uma das principais razões pela qual a tradução automática está se tornando uma ferramenta quase tão bem aceita e usual como as memórias de tradução. Os avanços no desenvolvimento de sistemas de tradução automática capazes de gerar resultados com qualidade aceitável em variados pares linguísticos traz aos tradutores oportunidades de traduzir conteúdo que do contrário nem seria cogitado traduzir pela indústria devido aos altos custos e demanda de tempo que geraria.
Em virtude do cenário exposto, entendemos que se faz necessário fornecer treinamento teórico e prático aos tradutores em formação sobre o funcionamento e utilização dos diferentes softwares de tradução automática bem como a respeito das diretrizes de pós-edição. Mesmo que o futuro profissional (aluno em formação) não almeje atuar com a pós-edição, estar suficientemente preparado para utilizar outras tecnologias de tradução como o uso de memórias de tradução, por exemplo, é uma necessidade indiscutível.

Metodologia

1. Apresentação de breve histórico da Tradução Automática (TA) com o intuito de contextualizar os desafios das tecnologias de tradução.
2. Exposição e explicação a respeito das diferentes arquiteturas dos sistemas de TA e suas implicações para o processo de pós-edição do texto traduzido automaticamente.
3. Ensino da utilização de 3 sistemas de TA distintos.
4. Exposição a respeito das diretrizes de pós-edição (PE) e dos diferentes tipos de PE.
5. Conscientização dos participantes em relação ao processo de revisão e controle de qualidade da PE.

Resultados Esperados

Ao final do minicurso, espera-se que os participantes estejam aptos a utilizar diferentes sistemas de tradução automática e sejam capazes de realizar a pós-edição conforme as diretrizes requeridas pelo mercado de tradução e localização. Além disso, espera-se que o insumo teórico e as atividades desenvolvidas durante o mini-curso contribuam para o desenvolvimento de competências necessárias à atuação com tecnologias de tradução, com foco na Pós-edição.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALICIA NUNES DE MORAIS521/05/201816/07/2018
ANGELA SCHWAB MORRONE521/05/201816/07/2018
ARLENE KOGLIN415/05/201820/07/2018
ARLENE KOGLIN8
BEATRIZ VIEGAS FARIA221/05/201816/07/2018
CAROLINE DA SILVA521/05/201816/07/2018
FERNANDA SILVESTRE DE ALMEIDA521/05/201816/07/2018
LUÍS FELIPE FREITAS BECKER521/05/201816/07/2018
MARCIA MORALES KLEE521/05/201816/07/2018
MARINA DIAS DOS SANTOS521/05/201816/07/2018

Página gerada em 14/11/2019 17:12:55 (consulta levou 0.051397s)