Nome do Projeto
Vadiação em Pelotas - Prática de Capeira Angola na UFPel
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
01/04/2019 - 31/07/2019
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Humanas - Antropologia - Antropologia das Populações Afro-Brasileiras
Resumo
A Capoeira Angola na UFPel é uma realidade de sete anos ininterruptos de desenvolvimento com inúmeros estudantes, professores e representantes da comunidade que vem realizando a atividade, ela é uma manifestação cultural afro-brasileira, envolvendo o seu aspecto fortemente calcado no processo cultural, sua simbologia e ritualização, que envolve o corpo e da mente do brasileiro. Ampliar os conhecimentos teóricos sobre a Capoeira Angola. Estudo diacrônico e sincrônico envolto pelo processo de inserção dos africanos no território brasileiro desde o século XVI, percebendo a criação e desenvolvimento da Capoeira Angola. Inserção do universo étnico-sócio-cultural de descendentes de africanos no espaço universitário.

Objetivo Geral

Contribuir na implementação da legislação da discussão sobre a diversidade na constituição do povo brasileiro no estudo das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana no cotidiano.

Justificativa

Promoção da interação crítica, na interlocução entre a acadêmico e o popular, através da Capoeira Angola como imaginário da africanidade genuinamente brasileira. Trazer o mundo dos mestres populares da Vadiação (termo utilizado no final do século XIX para identificar os praticantes da Capoeira, que hoje se tornou modo de auto-identificação para estes praticantes)

Metodologia

Aprendizado sobre a música na capoeira. Os sons são realizados através da batida de palmas e de instrumentos como o berimbau; pandeiro; atabaque; agogô e reco-reco, determinando o estilo de jogo que será implantado pelos jogadores de capoeira.
Aprendizado sobre movimentos corporais que são realizados primeiramente pelos pés, com o auxílio das mãos caso necessário. Chutes, rasteiras, acrobacias em solo com técnicas desenvolvidas pelos educandos.
Realizar além do ensinamento prático e nominal de todos os movimentos da capoeira angola proporcionar ensinamentos sobre:
História da capoeira em geral e da capoeira Angola
Os processos de discriminação e a luta anti-colonialista da capoeira
A formação de mestre de capoeira e o patrimônio Cultural Mundial
A formação de Roda de capoeira e patrimônio Cultural Mundial
Aprendizado das técnicas corporais dos movimentos da capoeira e sua interação com a educação inclusiva
Aprendizado dos processos de formação de roda de capoeira
Aprendizado da musicalidade instrumental e do canto na capoeira
Implantação do ritual da rodas de capoeira angola

Resultados Esperados

Formação integral de pensadores do movimento da capoeira angola na Universidade.
Aprendizado sobre movimentos complexos com o corpo, exercitando um domínio mental do corpo.
Aprendizado como uma filosofia de vida, pois a capoeira Angola mexe com parte espiritual e ajuda a controlar a mente.
Pratica da luta como forma de resistência mental e física aos processos de dominação que conflitam com as ideias de comunidade
Aprendizado sobre a música que é um fator importante para a prática da capoeira.
Respeito a cosmogonia africana na constituição da arte da capoeira.

Indicadores, Metas e Resultados

Ao valorizarmos a Capoeira Angola discutir-se-á a diversidade étnico-racial no cotidiano de Pelotas, dando enlevo aos afro-descendentes no campo social. Estudaremos a bibliografia e as documentações referentes à Capoeira Angola e as outras formas de sua representação em Pelotas evidenciando sua história na Região. Praticar a arte da Capoeira Angola no sentido do domínio do corpo que é um efusivo aspecto que norteia as ações africanas no mundo.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDERSON DA SILVA PEREIRA NERIS401/04/201931/07/2019
ANSELMO DA SILVA ACCURSO2
Américo Humberto Pimentel das Neves Filho401/04/201931/07/2019
CAMILLA RAQUEL FLORES BORGES401/04/201931/07/2019
CLAUDIO BAPTISTA CARLE401/04/201931/07/2019
CRISTIANO MATTOS DA CUNHA4
EDUARDO MARTINS BEMFICA401/04/201931/07/2019
ERICO PACHECO MACHADO401/04/201931/07/2019
FILLIPE DA SILVA DINIZ401/04/201931/07/2019
GABRIEL BETTIOL GODINHO401/04/201931/07/2019
GABRIELA NAYARA DE SOUZA SANTOS401/04/201931/07/2019
GIULIA HELENA FREIRE PELISSARI401/04/201931/07/2019
JÚLIA GARAGORRY GARCIA401/04/201931/07/2019
LEONARDO SAPUCAIA401/04/201931/07/2019
LORENA BETANIA OLIVEIRA FONTES401/04/201931/07/2019
LUCIANO DOS SANTOS401/04/201931/07/2019
MARIA FONSECA FALKEMBACH401/04/201931/07/2019
PATRICK DE LIMA FARIAS401/04/201931/07/2019
PAULO SAULO ALVES BERNARDES401/04/201931/07/2019
RAFAEL ALEXSANDER DIOGO DA SILVA401/04/201931/07/2019
THAISE THUROW SCHAUN201/04/201931/07/2019
THIAGO FURTADO BARBOSA401/04/201931/07/2019
UBIRIÇÁ AZEVEDO DA ROSA401/04/201931/07/2019
VITALINO DIAS NETO401/04/201931/07/2019
YURI ZIVAGO YUNG GRILLO401/04/201931/07/2019

Página gerada em 16/10/2021 12:54:33 (consulta levou 0.027262s)