Nome do Projeto
O uso de abelhas na divulgação científica e na formação acadêmica de discentes dos Cursos de Ciências Biológicas e Agronomia da UFPel
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
20/05/2019 - 20/04/2020
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Ecologia
Resumo
A proposta deste projeto é organizar e sistematizar o material biológico e o conjunto de dados coletados através de projetos de pesquisa de Iniciação Científica e de Trabalhos de Conclusão de Curso sobre a diversidade de abelhas, desenvolvidos no Laboratório de Ecologia de Lepidoptera (LELep), Departamento de Ecologia, Zoologia e Genética do Instituto de Biologia da UFPel. A sistematização dessas informações auxiliará no correto armazenamento e tombamento de espécimes deste grupo de insetos em coleção científica de referência, e para utilização em projeto de extensão em fase de implementação, também vinculado ao LELep. Para isso, a proposta envolve montar uma equipe de discentes dos cursos de Ciências Biológicas e Agronomia, para (i) organizar a coleção entomológica (montagem, etiquetagem e tombamento na referida coleção), (ii) realizar o registro fotográfico das espécies, (iii) reunir informações sobre a biologia de abelhas, e (iv) confeccionar um catálogo de apoio para identificação de espécies, bem como forma de divulgação científica das informações e do material previamente organizado pela equipe.

Objetivo Geral

Elaborar e organizar a coleção entomológica de referência e material didático ilustrado das espécies de abelhas para contribuir na divulgação científica dos trabalhos de pesquisa realizados no LELep, bem como no processo de identificação a ser realizado em trabalhos futuros.

Justificativa

O projeto irá contribuir para o aperfeiçoamento técnico-científico dentro da carreira acadêmica dos alunos envolvidos quanto a curadoria de coleções e divulgação científica. Tais informações associadas são fundamentais para o desenvolvimento de estudos acerca de padrões de distribuição, biologia do grupo estudado e a inserção à diferentes teorias ecológicas (p. ex., mudanças ambientais, efeitos da perturbação antrópica sobre a diversidade) (CAMARGO et al., 2015). O conjunto de dados reunido pela equipe servirá de subsídio para elaboração de atividades didáticas de divulgação científica vinculadas ao projeto de extensão “Conhecendo e desmistificando os insetos associados a agroecossistemas para a comunidade rural de Canguçu e Morro Redondo, Rio Grande do Sul”. Desta forma, os acadêmicos envolvidos neste projeto irão desenvolver a habilidade de pesquisa, organização e transposição didática da informação, para divulgação junto ao público em geral, democratizando o acesso ao conhecimento científico e estabelecendo condições para alfabetização científica (BUENO, 2010).
Por fim, o material que será elaborado nesse projeto também irá contribuir nas pesquisas desenvolvidas no LELep com relação ao grupo das abelhas, especialmente na etapa de identificação das espécies, visto que atualmente dependemos de especialistas externos à UFPEL para isso.

Metodologia

Os espécimes coletados no trabalho de pesquisa serão triados, montados, identificados e etiquetados com informações de procedência e identificação em nível de espécie. Cada espécie identificada será fotografada, visando a construção de um banco de imagens que será utilizado na elaboração do catálogo. Os discentes envolvidos com o projeto deverão realizar uma revisão bibliográfica sobre a biologia das espécies identificadas, utilizando como principal fonte de pesquisa o “Catálogo de abelhas Moure” (http://moure.cria.org.br) e demais plataformas de pesquisa (Scopus e ScienceDirect), acessadas pelo Portal de Periódicos da CAPES/MEC. A partir das informações reunidas, os membros do projeto elaborarão um texto de divulgação científica que irá compor o catálogo, contendo informações básicas quanto a biologia da espécie, distribuição geográfica, relações ecológicas e plantas associadas.

Resultados Esperados

Este projeto visa instigar a curiosidade científica dos alunos, e como resultado espera-se contribuir na formação de recursos humanos qualificados em relação a profissionalização acadêmica de ensino e pesquisa já na Iniciação Científica. Espera-se que os discentes envolvidos possam apropriar-se do processo de elaboração e manutenção de uma coleção entomológica, bem como desenvolvam habilidade de tradução da linguagem científica para a sociedade, que compõe um dos deveres do pesquisador e do educador.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CRISTIANO AGRA ISERHARD220/05/201920/04/2020
SABRINA LORANDI420/05/201920/04/2020
SHIMENE TORVE MALTA320/05/201920/04/2020
VAGNER LUIZ GRAEFF FILHO320/05/201920/04/2020

Página gerada em 14/11/2019 04:10:01 (consulta levou 0.052214s)