Nome do Projeto
Organização, documentação e higienização do acervo do Museu do Telefone
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
17/06/2019 - 31/05/2020
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Museologia
Resumo
A área de conservação e restauração se insere no contexto mais amplo da preservação de patrimônio cultural, e estrutura-se em três linhas de atuação: a conservação, a restauração e a conservação preventiva, cada uma com suas especificidades, mas sempre complementares. Por conservação preventiva designa-se o conjunto de ações não-interventivas que visam prevenir e/ou retardar os danos sofridos, minimizando o processo de degradação dos bens culturais. O Plano Pedagógico do Curso tem, como seu objetivo central, a formação de profissionais com competências e habilidades para atuar no campo da preservação do patrimônio cultural, realizar ações e procedimentos de conservação preventiva e de conservação e restauração de acervos e bens integrados, de forma criteriosa e segura. Desta forma, a Reserva Técnica do curso de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis constitui-se em espaço para aplicação dos conhecimentos estudados nas disciplinas de Conservação Preventiva I, II e III, local em que as teorias e práticas podem ser aplicadas e discutidas pelos alunos. A estratégia de incluir os alunos, desenvolvendo ações de documentação, higienização e organização do acervo relacionado às telecomunicações em Pelotas, sob a guarda do DMCOR/ICH, com a supervisão do professor, se insere no contexto didático-pedagógico do curso, oferecendo capacitação e formação adequada aos futuros profissionais que trabalharão com a preservação de bens culturais, em contextos diversos. Os aspectos referentes às ações multidisciplinares, características do trabalho do Conservador-Restaurador, também formam a base do projeto de ensino proposto.

Objetivo Geral

Salvaguardar o acervo do Museu do Telefone, sob responsabilidade do DMCOR/ICH/UFPEL, e estruturar os dois ambientes de Reserva Técnica do Curso de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis, como espaço de ensino aprendizagem, com base nas orientações teóricas e práticas da Conservação Preventiva.

Justificativa

O projeto busca complementar as atividades desenvolvidas em sala de aula e ampliar as alternativas de práticas para os graduandos do curso de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis, proporcionando contato com um importantíssimo acervo, representativo da cultura e memória - do trabalho e da evolução da tecnologia das telecomunicações - da região sul do Rio Grande do Sul. Com a supervisão do professor, as atividades previstas voltam-se, principalmente, para a conservação preventiva destes objetos, em diferentes aspectos, como a adequação e monitoramento de seus espaços de guarda, mobiliário, embalagens e a documentação de conservação das peças. A proposta justifica-se como forma de habilitar os futuros profissionais para o estudo e planejamento de ações na área de conservação preventiva; desenvolver aspectos cognitivos, a capacidade de reflexão e a responsabilidade social, englobando os componentes éticos e afetivos; identificar, analisar e solucionar problemas de preservação e conservação em bens culturais, respeitando e discutindo as peculiaridades de cada situação e dos agentes sociais envolvidos. Com relação ao acervo das telecomunicações, o projeto dará apoio a sua comunicação à sociedade, por meio de trabalho multidisciplinar, principalmente junto ao curso de Museologia e, também, História e Antropologia.

Metodologia

A metodologia para atingir os objetivos propostos é a seguinte:
- Pesquisa bibliográfica e discussão, em grupo, dos métodos de conservação adequados à situação em que se encontra o acervo;
- Pesquisa sobre a coleção e seu contexto;
- Organização e higienização dos espaços e mobiliário existente nas reservas técnicas;
- Diagnóstico do estado de conservação das peças;
- Higienização mecânica dos objetos de diferentes tipologias;
- Documentação individual dos itens do acervo;
- Inserção das informações em base de dados, conforme definido pela Rede de Museus/PREC/UFPEL;
- Definição e execução das melhores condições para armazenamento dos objetos, considerando os materiais disponíveis;
- Acondicionamento do acervo;
- Planejamento das rotinas e métodos de conservação e monitoramento dos espaços de reserva e os objetos ali abrigados;
- Implementar o monitoramento, com base no plano proposto.
- Análise das informações obtidas por meio do monitoramento.

Resultados Esperados

Buscam-se os seguintes resultados:
- Estabelecimento de espaço para práticas pedagógicas de acordo com o Plano Político Pedagógico do Bacharelado em Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis, complementando os conteúdos vistos nas disciplinas;
- Implantação de um plano de conservação para a Reserva Técnica do curso de Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis;
- Atendimento às diretrizes da Lei nº 11.904/2009, quanto à gestão do patrimônio museológico brasileiro;
- Criação de novas oportunidades para projetos de pesquisa e extensão.

Indicadores, Metas e Resultados

A prioridade deste projeto é atuar no acervo do Museu do Telefone, mas ressalta-se que a Reserva Técnica abriga outros bens culturais da UFPEL, que poderão se beneficiar do planejamento e organização desse espaço.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANNELISE COSTA MONTONE617/06/201931/05/2020
DANIEL MAURICIO VIANA DE SOUZA117/06/201931/05/2020
KELI CRISTINA SCOLARI217/06/201931/05/2020
KERLLEN PERES CAVALHEIRO313/11/201931/05/2020
LOUISE AYANG FOLGIARINI412/11/201931/05/2020
NORIS MARA PACHECO MARTINS LEAL117/06/201931/05/2020
ÉRICK PIRES DORNELES417/06/201931/05/2020

Página gerada em 22/11/2019 18:44:30 (consulta levou 0.048218s)