Nome do Projeto
Introdução ao Geoprocessamento
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
01/09/2014 - 28/11/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra - Geociências
Resumo
O uso de ferramentas de geoprocessamento vem ganhando muito destaque devido a maior disponibilidade de imagens de satélites, as quais podem derivar diversas informações necessárias em várias áreas, como, por exemplo, previsão do tempo, monitoramento de cobertura vegetal, desmatamento, incêndios, entre outras.

Objetivo Geral

Apresentar ao aluno aplicações de sistemas de informações geográficas em meteorologia bem como noções básicas de geoprocessamento a fim de proporcionar alternativas para seus trabalhos acadêmicos.

Justificativa

O conhecimento básico dessas ferramentas de geoprocessamento é fundamental para que o aluno possa vislumbrar aplicações ao longo do curso de graduação, principalmente devido ao aumento das áreas de atuação dos meteorologistas, o que tem exigido maior conhecimento interdisciplinar desses profissionais, principalmente com a demanda de estudos sobre os impactos regionais e globais das mudanças climáticas.

Metodologia

O curso será ministrado com uma carga horária de 16 horas, abordando tópicos teóricos e práticos visando a melhor fixação do conteúdo apresentado.
Na parte teórica (duas horas) serão apresentados conceitos de projeções cartográficas para que o aluno possa trabalhar seus dados de forma correta, podendo escolher a forma de projeção que melhor se adequa ao objetivo pretendido.
Na parte prática o aluno irá criar e manipular temas com informações geoespacializadas, aprendendo a utilizar ferramentas de manipulação de imagens, o que irá demandar a maior parte do curso (14 horas).
Serão disponibilizados pelo PPGMet cinco computadores para o desenvolvimento da parte prática do curso, os quais serão utilizados por dez alunos, separados em duplas.
O número máximo de dez alunos por turma é sugerido para um aprendizado uniforme da turma, uma vez que o conhecimento em informática e facilidade para trabalhar com programas de computador é muito variável entre as pessoas. Com uma turma de dez alunos pode-se dar mais atenção e retirar dúvidas individualmente, o que favorece o aprendizado.

Resultados Esperados

Como principal resultado deste projeto destaca-se o conhecimento básico das ferramentas de geoprocessamento.
Espera-se que os alunos possam utilizar essas ferramentas em seus trabalhos acadêmicos bem como expandir suas áreas de atuação ao longo do curso de meteorologia.

Indicadores, Metas e Resultados

O curso será ministrado pelo bolsista CAPES de Pós Doutorado vinculado ao curso de Pós Graduação em Meteorologia da UFPEL, o Dr. Leonardo José Gonçalves Aguiar.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDRE BECKER NUNES1624/09/201425/09/2014
ANGEL DOMÍNGUEZ CHOVERT1623/10/201424/10/2014
BRUNO MAON FERNANDES1623/10/201424/10/2014
CARLOS ALBERTO DIAS PINTO1623/10/201424/10/2014
DEJANIRA FERREIRA BRAZ1623/10/201424/10/2014
ERICKA VOSS CHAGAS MARIANO1624/09/201425/09/2014
GABRIELA LAMEU MOREIRA1623/10/201424/10/2014
GLAUBER LOPES MARIANO16
GRACIELA REDIES FISCHER201/09/201428/11/2014
JEYMISON MARGADO BEZERRA1623/10/201424/10/2014
JOÃO MARCELO HOFFMANN DE SOUZA1623/10/201424/10/2014
JOÃO RODRIGO DE CASTRO1623/10/201424/10/2014
LEONARDO JOSÉ GONÇALVES AGUIAR4
LUCIANA BARROS PINTO201/09/201428/11/2014
LUIS EDUARDO PANOZZO1624/09/201425/09/2014
MARCELO FELIX ALONSO1624/09/201425/09/2014
MATEUS DIAS NUNES1623/10/201424/10/2014
PAULO ROBERTO PELUFO FOSTER1624/09/201425/09/2014
RAIDEL BÁEZ PRIETO1623/10/201424/10/2014
RENÃ MOREIRA ARAÚJO1623/10/201424/10/2014
STEFANE FONSECA FREITAS1623/10/201424/10/2014

Página gerada em 09/12/2019 21:55:37 (consulta levou 0.058413s)