Nome do Projeto
Grupo de Estudos em Epidemiologia da Saúde Bucal- EpiBucal
Ênfase
ENSINO
Data inicial - Data final
08/05/2015 - 31/03/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia
Resumo
A partir da realização de levantamentos epidemiológicos para observação de desfechos em saúde bucal, realizado pelo Programa de Pós-Graduação em Odontologia, em parceria com o Programa de Pós-graduação em Epidemiologia, ambos da Universidade Federal de Pelotas, surgiu a necessidade de criar um Grupo de Estudos em Epidemiologia da Saúde Bucal – EpiBucal, a fim de garantir a interlocução entre o conhecimento epidemiológico e a prática profissional, integrando graduação, pós-graduação e profissionais da Rede de Saúde.

Objetivo Geral

Promover um espaço para a produção, acumulação e a disseminação de conhecimentos em epidemiologia com enfoque em saúde bucal, direcionado a estudantes de graduação, pós-graduação, professores e profissionais, com o intuito de capacitá-los para a qualificação da prática profissional nos diversos âmbitos de atuação da Odontologia.

Justificativa

A epidemiologia refere-se ao estudo da distribuição e dos determinantes relacionados à saúde e a aplicação destes estudos no controle dos problemas de saúde. A aplicação prática da epidemiologia nas universidades por muitas vezes apresenta um distanciamento e uma desvinculação com a prática nos serviços de saúde. O presente projeto visa garantir a interlocução entre o conhecimento epidemiológico e a prática profissional. Acredita-se que o conhecimento mais aprofundado da epidemiologia possa servir como base para os estudantes de graduação, pós-graduação e profissionais da rede de atenção à saúde do município, possibilitando que os mesmos ampliem sua habilidade para analisar criticamente estudos já existentes e para compreender os determinantes das principais condições de saúde bucal, bem como capacitá-los para a interpretação e análise de dados tanto primários quanto secundários. Além disso, a instrumentalização dos participantes com as metodologias utilizadas em epidemiologia poderá, além de incentivar a produção de novo conhecimento na área, permitir aplicar esta ciência na gestão dos serviços e formulação de políticas públicas.

Metodologia

O projeto será desenvolvido em dois momentos distintos:
1) Formação teórica por meio de seminários quinzenais com duração de uma hora. Cada encontro terá uma exposição teórica de temas pré-definidos, seguida de discussão entre os participantes.
2) Elaboração de projetos de pesquisa, desde a etapa de formulação do problema até a redação e, publicação do artigo científico.

Resultados Esperados

- Melhorar do conhecimento do aluno de graduação e pós-graduação e profissionais da saúde a respeito do tema Epidemiologia da Saúde Bucal
- Motivar os alunos da graduação a aprofundarem seus conhecimentos sobre o tema, como também a elaborar e participar de pesquisas na área
- Instrumentalizar os participantes na elaboração de projetos de pesquisa
- Participar de eventos científicos e apresentar trabalhos científicos
- Publicar artigos científicos

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CESAR DALMOLIN BERGOLI108/05/201531/03/2017
FLAVIO FERNANDO DEMARCO108/05/201531/03/2017
JOSE RICARDO SOUSA COSTA108/05/201531/03/2017
MARCIA BUENO PINTO127/05/201521/03/2016
MARCOS ANTONIO TORRIANI108/05/201531/03/2017
MARCOS BRITTO CORREA108/05/201531/03/2017
MARIA BEATRIZ JUNQUEIRA DE CAMARGO108/05/201531/03/2017
MARILIA LEAO GOETTEMS108/05/201531/03/2017
MARINA SOUSA AZEVEDO108/05/201531/03/2017
SANDRA BEATRIZ CHAVES TARQUINIO108/05/201531/03/2017

Página gerada em 22/07/2019 13:18:48 (consulta levou 0.040470s)