Nome do Projeto
Diversidade e Evolução de Oestroidea (Diptera: Calyptratae), com ênfase nas famílias Calliphoridae e Mesembrinellidae
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/03/2020 - 31/08/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Resumo
A superfamília Oestroidea (Diptera: Calyptratae) compreende um grupo bastante diverso e especioso, com ~15.000 espécies conhecidas atualmente, cujas relações filogenéticas, especialmente interfamiliares, são ainda controversas. Neste contexto, o presente projeto tem como objetivo principal contribuir para o conhecimento acerca da evolução do grupo, bem como da diversidade atual presente no Brasil, em especial da região sul. O primeiro objetivo deverá ser alcançado através da inferência de uma hipótese filogenética para o grupo a partir da análise de dados moleculares, atualmente compreendendo regiões dos genes COI, COII, CytB, 16S, ITS2, CAD e 28S. Há uma grande quantidade de material disponível, já processado pelo coordenador, e novos espécimes deverão ser obtidos a partir de coleta e requisição a grupos colaboradores. O segundo objetivo, contemplado parcialmente no primeiro, será fruto do trabalho de coleta, triagem e identificação para obtenção de espécimes para os trabalhos moleculares. Como as coletas deverão ser concentradas na região sul do Brasil, no Estado do Rio Grande do Sul, em ambientes do bioma Pampa, espera-se poder contribuir sobremaneira para o conhecimento acerca da diversidade de dípteros caliptrados nessa região. O projeto, por fim, visa também o treinamento e capacitação de alunos de graduação e pós-graduação em atividades relacionadas à coleta, triagem, identificação e processamento de espécimes para obtenção de dados de sequências nucleotídicas, bem como na metodologia de análise filogenética.

Objetivo Geral

O projeto tem como objetivo principal:
(1) contribuir para o conhecimento acerca da diversidade e evolução de linhagens da superfamília Oestroidea, com ênfase nas famílias Calliphoridae e Mesembrinellidae.
Do ponto de vista do conhecimento da diversidade, o mesmo se dará, especificamente, por:
(2) Coleta, triagem e identificação de dípteros dos grupos subordinados à superfamília. As coletas serão realizadas, preferencialmente, em ambientes do bioma Pampa, contribuindo assim, também, para o incremento do conhecimento da diversidade presente neste bioma.
(2b) Como subproduto do objetivo (2), é possível prever a realização de trabalhos de levantamento faunístico em localidade abrangidas pelas atividades de coleta, bem como eventuais trabalhos de descrição de novas espécies, caso encontradas.
Por outro lado, os estudos evolutivos se darão, primariamente, através da inferência de filogenias para o grupo, envolvendo:
(3) Investimento na obtenção de amostragem taxonômica representativa do grupo, através das coletas previstas no objetivo (2) e requerimento a possíveis grupos colaboradores;
(4) Investimento na amostragem de marcadores moleculares, em complementação aos já obtidos e utilizados em trabalhos anteriores pelo coordenador (Marinho et al., 2012; 2016).
(5) Proposição de hipóteses para as relações filogenéticas das linhagens subordinadas às famílias Calliphoridae e Mesembrinellidae, com implicações para o entendimento das relações interfamiliares em Oestroidea;
(6) A proposição de hipóteses filogenéticas para o grupo provê um cenário no qual é possível inferir os tempos de divergência entre suas linhagens, auxiliando assim na compreensão da dimensão temporal do processo de diversificação das linhagens. Essas análises serão realizadas utilizando-se, além dos pontos de calibração já conhecidos para Calyptratae, a informação de um fóssil em âmbar de Mesembrinellidae, cuja descrição contou com a colaboração do proponente e que encontra-se submetida para publicação.
Além dos objetivos científicos supracitados, o projeto prevê também treinamento e atuação de alunos de graduação, condicional à existência de alunos interessados, e de pós-graduação, nas temáticas relacionadas à taxonomia, sistemática e obtenção e uso de dados moleculares de sequências nucleotídicas na inferência de filogenias.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
JULIANA CORDEIRO101/03/202031/08/2021
Taís Madeira Ott401/03/202031/08/2021
Taís Madeira Ott101/03/201728/02/2018

Página gerada em 23/07/2024 06:11:07 (consulta levou 0.051232s)