Nome do Projeto
Eficácia da dissolução de solventes endodônticos em cones de guta-percha
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
19/07/2019 - 31/07/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia
Resumo
Atualmente tem se buscado produtos alternativos para serem utilizados como solventes durante o retratamento endodôntico. Desta forma o objetivo deste trabalho será analisar a capacidade de dissolução de solventes orgânicos em guta-percha calibradas de diferentes marcas comerciais. Para execução deste projeto serão confeccionadas amostras de guta-percha das marcas Protaper® Universal de tamanho F4 - Dentsply, Wave One® Large - Dentsply, Reciproc® R40 - VDW e Gutapercha pontas calibradas taper 0.04 - Dentsply®, serão pesadas em miligramas (até quatro casas decimais) em uma balança de precisão (Sartorius ED124S, Sartorius AG, Gottingen, Alemanha) antes da imersão no solvente para obtenção da massa inicial (m1). Os pesos serão registrados em triplicata. Sessenta cones de cada marca de guta-percha endodôntica serão divididos em cinco grupos de 12. Os grupos serão divididos em três subgrupos de quatro cada de acordo com o período de imersão (2, 5 e 10 min). Os solventes selecionados serão o óleo de eucalipto (SS White, Rio de Janeiro, RJ, Brasil), óleo de laranja (Orangeform, Formula & São Paulo, SP, Brasil), xilol (Sigma-Aldrich Inc., St Louis, MO, EUA), clorofórmio (Sigma-Aldrich Inc., St Louis, MO, EUA) e água destilada (Milli-Q, Millipore Corp., Billerica, MA, EUA). Os espécimes serão imersos em 20 mL de solvente e armazenados em um frasco de vidro âmbar com tampa de rosca (Corning Inc., Nova York, NY, EUA) à temperatura ambiente. A imersão será tal que ambas as superfícies de cada espécime estará prontamente acessível ao solvente. A água destilada será usada como controle negativo. Após o período de imersão especificado, os espécimes serão removidos do frasco de vidro com o auxílio de pinça com ponta de silicone, enxaguado com 100 mL de água bidestilada e depois secos com papel absorvente. As amostras serão postas em estufa por 24 horas a 37 ± 1°C e depois mantidas em desumidificador/dessecador. Depois disso, eles serão pesadas (m2) e a quantidade de guta-percha perdida de cada amostra será determinado como a diferença entre o peso original do cone de guta-percha e seu peso final. Os meios e desvios padrão da dissolução (perda de peso) em gramas serão calculados a cada intervalo para cada grupo de amostras. Os valores serão comparados por análise fatorial de variância (ANOVA) usando o software SPSS 18.0 (SPSS Inc., Chicago, IL, EUA), e a diferença entre os materiais será calculada. Será fixado um valor de significância p<0,05.

Objetivo Geral

O objetivo deste trabalho será analisar a capacidade de dissolução de 4 solventes orgânicos em gutas-percha calibradas de diferentes marcas comerciais.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
RAFAEL GUERRA LUND119/07/201931/07/2020
VICTORIA BURMANN DA SILVA GUIMARÃES219/07/201931/07/2020

Página gerada em 23/01/2021 10:46:29 (consulta levou 0.090568s)