Nome do Projeto
O Efeito da Criação de Novos Institutos e Universidades Federais Sobre a Taxa de Fecundidade
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/11/2019 - 31/10/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Economia
Resumo
O presente estudo avalia o efeito da criação de novos Institutos (IFs) e Universidades Federais (UFs) sobre a taxa de fecundidade das mulheres, com bases nos dados do Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle do Ministério da Educação (SIMEC) e do DATASUS, para o período de 1994 a 2015. Para controlar os possíveis efeitos de transbordamentos da política pública será utilizado o método de diferenças em diferenças espacial (SDID). A utilização desse método gera ganhos ao incluir não só os efeitos das regiões tratadas (efeito direto) como também o efeito das regiões vizinhas as tratadas (efeitos indiretos), permitindo uma estimação mais adequada dos efeitos. Espera-se que a expansão da educação federal impacte negativamente a taxa de fecundidade tanto nos municípios diretamente afetados quanto nos vizinhos.

Objetivo Geral

Avaliar conjuntamente o efeito da criação de novos Institutos (IFs) e Universidades Federais (UFs) sobre a taxa de fecundidade das mulheres;
Investigar a existência de transbordamentos regionais dos efeitos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
LUCIANE MACHIM VIEIRA1201/11/201931/10/2020
PEDRO URRUTIA TORRES301/11/201931/10/2020

Página gerada em 23/04/2024 00:57:28 (consulta levou 0.037677s)