Nome do Projeto
Utilização de óleo de linhaça em substituição ao óleo de soja na dieta de aves e suínos
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
30/09/2010 - 31/07/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Resumo
O organismo humano e animal consegue sintetizar a maioria dos ácidos graxos saturados e insaturados, porém, não os essenciais. Estes são divididos em dois grupos, os da família ômega 3 (ácido linolênico) e ômega 6 (ácido linoléico). Os ácidos graxos ômega 3 apresentam dois importantes derivados, o ácido eicosapentaenóico (EPA) e ácido docosahexaenóico (DHA). O EPA é muito importante na prevenção de doenças cardiovasculares e hipertensão. O DHA apresenta capacidade de prevenir doença cardíaca, reduzir a taxa de triglicerídeos, além de ser importante no desenvolvimento da função visual e cerebral. O ácido linolênico (ômega 3) e os ácidos graxos de cadeia muito longa (DHA e EPA) estão presentes em alimentos de origem animal, como peixes e aves, sendo suas quantidades muito dependentes da dieta a que esses animais são submetidos. Inúmeros estudos têm sido conduzidos com o objetivo de estabelecer as quantidades mais apropriadas para a incorporação do ácido linolênico nas rações dos animais, que possibilitem o aumento da sua conversão enzimática para ácidos graxos de cadeia muito longa, resultando em maiores quantidades de EPA e DHA nos alimentos provenientes desses animais, como a carne suína e de aves. Vários trabalhos demonstram que a adição de sementes ou óleos vegetais, principalmente de linhaça e canola, ricas em ômega 3, na dieta de aves, suínos e peixes, resulta no aumento de seus teores na carne, enriquecendo-a significativamente, com boa aceitação pelos consumidores.

Objetivo Geral

Objetivo Geral: Avaliar os efeitos da adição de óleo de linhaça em substituição ao óleo de soja na dieta de frangos de corte e de suínos em terminação, sobre o desempenho, características quantitativas e qualitativas da carne.
Objetivos específicos: Avaliar o desempenho zootécnico de frangos de corte e de suínos em terminação recebendo óleo de linhaça na dieta; Avaliar as características de carcaça de frangos de corte e de suínos em terminação, recebendo óleo de linhaça na dieta; Caracterização do perfil de ácidos graxos na carcaça de frangos de corte e de suínos em terminação; Avaliar o perfil bioquímico sanguíneo das aves e suínos recebendo óleo de linhaça na dieta; Avaliar as propriedades químicas e bioquímicas da carne (proteína, água, gordura, cinzas e colesterol); Avaliar as características instrumentais da carne: o pH, a coloração através do teste de colorimetria (Método Minolta) e a retenção de água; Avaliar a imunidade humoral e parâmetros hematológicos de frangos de corte alimentados com rações contendo óleo de linhaça; Estudar o crescimento e o desenvolvimento corporal através de coeficientes alométricos, dos componentes regionais e teciduais da carcaça de frangos de corte e de suínos; Estudar o melhor nível de inclusão do óleo de linhaça na dieta de frangos de corte; Estudar a viabilidade econômica do uso de óleo de linhaça na dieta de frangos de corte e suínos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
01
01
01
01
01
01
01
01
01
01
01
01
01
01
01
02
02
02
04
BRUNA DUARTE BUENO1201/04/201331/07/2013
CAROLINE BAVARESCO1201/08/201231/07/2013
RENATA CEDRÊS DIAS1201/08/201331/07/2014
SAMANTHA ALVES AZAMBUJA1201/08/201231/10/2012
TIAGO GARLET1201/11/201231/03/2013
VICTOR FERNANDO BUTTOW ROLL101/08/201231/07/2013

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 50.000,00
CNPqR$ 0,00
Iniciativa privadaR$ 0,00

Página gerada em 13/12/2018 11:21:46 (consulta levou 0.074266s)