Nome do Projeto
PAPEL DO ESTROGÊNIO NO ESTRESSE OXIDATIVO CARDÍACO
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/06/2012 - 01/01/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Fisiologia
Resumo
As doenças cardiovasculares estão entre as principais causas de morte no mundo. No combate as complicações do sistema cardiovascular atuam os estrogênios. Conhecidamente esses agem adaptando o sistema antioxidante e, assim, prevenindo o estresse oxidativo. Apesar disso, sua influência sobre o metabolismo do óxido nítrico ainda não foi completamente entendida. Portanto, torna-se relevante investigar o papel do estrogênio como cardioprotetor. Para isso, serão utilizadas 39 ratas Wistar com diferentes níveis hormonais de estrogênio. Após 28 dias, as ratas serão mortas por decapitação e os tecidos serão preparados para determinação do estado redox e para investigação do metabolismo do óxido nítrico. Com esses experimentos esperamos aprimorar o conhecimento sobre a influência direta do estrogênio no metabolismo do óxido nítrico e no estado redox celular. Acreditamos que o entendimento mais pronunciado dessas interações possibilitará uma intervenção terapêutica mais oportuna no futuro.

Objetivo Geral

Objetivo principal:
Verificar a influência dos níveis estrogênicos na determinação do estado redox no coração de ratas Wistar.

Objetivos específicos:
• Induzir a castração e reposição estrogênica em ratas;
• Determinar o estado redox celular pela razão GSH/GSSG no coração de ratas sob distintos níveis estrogênicos;
• Verificar a atividade antioxidante enzimática nos distintos grupos expermentais;
• Analisar o dano oxidativo lipídico e proteico nos distintos grupos expermentais;
• Avaliar o metabolismo do óxido nítrico nos distintos grupos experimentais.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final

Página gerada em 15/12/2018 10:22:03 (consulta levou 0.080380s)