Nome do Projeto
Análise de risco edafoclimático para soja e milho no Rio Grande do Sul a partir de um modelo agronômico
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/07/2012 - 02/07/2018
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia - Agrometerologia
Resumo
A soja e o milho perfizeram cerca de 70% da área agrícola do Rio Grande do Sul na safra 2011/2012. Apesar do aumento do cultivo em relação à safra anterior, a produtividade de ambas diminuiu consideravelmente pelas adversidades meteorológicas. Entretanto, mesmo em safras adversas seus impactos não são uniformes ao longo do tempo e do espaço. Estes podem variar consideravelmente dependendo da espécie e do estádio fenológico das plantas e da duração do ciclo etc. Isto dificulta o acompanhamento e a quantificação da produtividade dos cultivos. Alguns estudos apontam para a possibilidade do monitoramento e estimativa da produtividade de grandes cultivos agrícolas a partir de dados meteorológicos em modelos agronômicos. Além do acompanhamento temporal dos cultivos, quando acoplados aos Sistemas de Informações Geográficas (SIGs) e amparados por imagens de satélite, os modelos permitem o monitoramento espacial das condições definidoras da produtividade. Uma alternativa aos dados coletados pelas estações meteorológicas são aqueles gerados pelo modelo de previsão de tempo Eta, operacional no Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. A possibilidade da utilização operacional desses dados aliados a imagens orbitais em modelos agronômicos vem de encontro com a necessidade crescente de informações sobre as variações espaciais e temporais da produção agrícola no Brasil. Objetiva-se, testar a aplicação dos dados gerados pelo modelo Eta, disponibilizados pelo CPTEC, por meio de um modelo agronômico-espectral acoplado a um SIG, no monitoramento espaço-temporal e na estimativa da produtividade final da soja e do milho no RS.

Objetivo Geral

Objetiva-se testar a aplicação dos dados gerados pelo modelo Eta, disponibilizados pelo CPTEC, por meio de um modelo agronômico-espectral acoplado a um SIG, no monitoramento espaço-temporal e na estimativa da produtividade final da soja e do milho no RS.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
2
2
2
3
10
DÊNIS CORTE VIEIRA301/07/201228/02/2014
FABRICIO PEREIRA HARTER201/07/201202/07/2018
FIORAVANTE JAEKEL DOS SANTOS201/07/201202/07/2018
MARCELO CRESTANI MOTA1001/07/201231/08/2014
SERGIO LEAL FERNANDES201/07/201202/07/2018

Página gerada em 24/08/2019 04:52:28 (consulta levou 0.137882s)