Nome do Projeto
Desenvolvimento de metodologias de detecção de agrotóxicos, micotoxinas e alergênicos no controle da produção de alimentos seguros para fortalecimento do setor produtivo da região sul
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
08/05/2013 - 09/05/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Resumo
Grãos, frutas e hortaliças são componentes importantes de uma dieta saudável e o seu consumo tende a aumentar com a conscientização da relevância na promoção da saúde e na prevenção de doenças. No entanto, é essencial que esses alimentos tenham garantida a inocuidade sob os aspectos químicos, físicos e biológicos. Para se ter alimentos seguros deve-se buscar práticas de produção, processamento, distribuição e consumo que evitem e/ou reduzam a presença de fatores de risco à saúde, onde atualmente estão em destaque os agrotóxicos, as micotoxinas e as moléculas alergênicas. A segurança alimentar está relacionada à politica de produção e distribuição e ao direito fundamental das pessoas ao consumo de alimentos seguros, livres de contaminantes ou componentes prejudiciais à saúde. Estratégias tradicionais de determinação de componentes dos alimentos se baseiam na determinação de uma lista de moléculas-alvo, com métodos especificos desenvolvidos para compostos individuais, o que é adequado para monitoramentos de rotina. No entanto, para identificação de contaminações desconhecidas ou com o objetivo de inovação na identificação de novos compostos com perspectivas de desenvolvimento de novos processos e produtos é necessária uma estratégia de análise não direcionada. O foco desta proposta está numa contribuição para análise de riscos frente a alergênicos, micotoxinas e agrotóxicos, e na otimização de métodos, práticas e processos para a produção de alimentos seguros. Os alimentos-alvo da proposta são produzidos em diferentes sistemas de cultivo, orgânico e convencional, e estão divididos em dois grupos: frutos e hortaliças e grãos.

Objetivo Geral

Objetiva-se, com a pesquisa, avaliar a presença de compostos alergênicos, micotoxinas e agrotóxicos em frutos, hortaliças e grãos produzidos na região sul do Rio Grande do Sul e comparar as diferenças na prevalência destes compostos em função do sistema de cultivo, orgânico ou convencional, e da época de amostragem dos produtos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
4
4
4
4
4
4
4
4
6

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
Sec. Ciência & Tecnologia/RSR$ 1.000.000,00

Página gerada em 11/12/2018 13:56:18 (consulta levou 0.073036s)