Nome do Projeto
Desenvolvimento de um compósito antimicrobiano para aplicação odontológica contendo tiazolidinonas
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/07/2013 - 02/07/2014
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Resumo
Infecções fúngicas e bacterianas representam hoje um grande problema de saúde pública. Apesar da enorme gama de fármacos antimicrobianos disponíveis, assim como de sua evolução química-medicinal, o uso indiscriminado destes medicamentos resultou no aparecimento de patógenos resistentes. Desta maneira, a necessidade permanente do desenvolvimento de novos fármacos a serem utilizados no combate e/ou controle dos processos infecciosos causados por estes microrganismos permanece muito relevante no contexto científico mundial. Tiazolidinonas representam uma classe de compostos de grande interesse científico devido as suas propriedades químicas e ao extenso espectro de atividades biológicas, como antibacteriana, antiprotozoária, antiviral, anti-inflamatória e analgésica. Sendo assim, o objetivo do nosso trabalho é sintetizar uma série inédita de tiazolidinonas e desenvolver um compósito com ação antimicrobiana para aplicação odontológica contendo esses compostos. A obtenção dos compostos será baseada no “know-how” adquirido pelo nosso grupo de pesquisa na síntese de tiazolidinonas. O efeito antimicrobiano in vitro será avaliado pelo método de microdiluição em caldo, conforme normatizações do Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI) e pela técnica de inibição de biofilme, seguindo o modelo de microcosmos. A citotoxidade dos compostos será avaliada frente à linhagem celular de fibroblastos de camundongos (NIH/3T3) provenientes do Banco de Células do Rio de Janeiro, através do ensaio colorimétrico MTT (brometo de 3-(4,5-dimetiltiazol-2-ilo)-2,5-difeniltetrazólio).

Objetivo Geral

Desenvolver um compósito contendo tiazolidinonas para aplicação odontológica com características de pH neutro ou ligeiramente básico; toxidade nula ou mínima à cavidade oral; capacidade antifúngica (anti-biofilme) contra isolados de Candida e capacidade antibacteriana (anti-biofilme) contra isolados bacterianos orais.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
20

Página gerada em 17/12/2018 03:11:01 (consulta levou 0.066505s)