Nome do Projeto
Superação da dormência de sementes, caracterização morfológica e molecular de cultivares de oliveira (Olea europaea L) da Região Sul do Rio Grande do Sul
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/07/2013 - 30/04/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia
Resumo
O projeto tem como objetivos avaliar o efeito de tratamentos para a superação da dormência sobre a viabilidade das sementes e emergência das plântulas, bem como, caracterizar morfológica e molecularmente cultivares porta-enxerto e copa de oliveiras (Olea europaea L.) do banco ativo de germoplasma de oliveiras da Embrapa Clima Temperado. Além disto, o projeto busca melhorar as informações disponíveis a respeito dos genótipos de O. europaea cultivadas na região sul do RS com detalhamento sobre a superação de dormência de cultivares porta-enxerto. Para testar métodos mais eficientes de superação da dormência serão implementados 5 experimentos com as sementes: (1) imersão em água à temperatura ambiente por 24h (T1), 48h (T2) e 72h (T3), (2) imersão em água fervente por 5, 10 e 15 min (T1, T2 e T3), (3) imersão em ácido sulfúrico a 80% por 10, 20, 40 e 60 min (T1, T2, T3 e T4), (4) imersão em ácido giberélico a 50, 100 e 200 mg.L-1 associado a água (T1, T2 e T3); e (5) estratificação em câmara por 30 dias a 14°C em substrato saturado de água. As sementes serão das variedades Koroneiki, Arbequina, Arbosana, Frantoio, Galega, Grigman e Grappolo. As 52 cultivares do banco ativo de germoplasma da Embrapa Clima Temperado serão caracterizadas morfologicamente utilizando-se 27 descritores para distinção entre as cultivares de oliveira, sendo 17 caracteres qualitativos e 10 quantitativos de diferentes órgãos da planta. Os dados dos caracteres quantitativos serão categorizados pelo método de agrupamento Scott & Knott e submetidos juntamente com os dados qualitativos às análises estatísticas de agrupamento (hierárquica pelo coeficiente de Jaccard). Para a caracterização de germoplasma uma ferramenta muito empregada atualmente são os marcadores moleculares, que podem contribuir efetivamente na orientação da escolha dos progenitores e para a identificação de variedades. Os marcadores microssatélites (SSR – Sequências Simples Repetitivas) compõem ferramenta adequada à caracterização de cultivares e diversos loci já foram identificados para a oliveira por esta técnica. Neste trabalho serão analisados 20 loci SSR específicos para oliveira selecionados a partir de trabalhos já publicados, os dados moleculares serão convertidos primeiramente para diferentes formatos e submetidos à análise estatística.

Objetivo Geral

Avaliar o efeito de tratamentos para a superação da dormência sobre a viabilidade das sementes e emergência das plântulas, bem como, caracterizar morfológica e molecularmente cultivares porta-enxerto e copa de O. europaea L. do banco ativo de germoplasma de oliveiras da Embrapa Clima Temperado.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAROLINE LEIVAS MORAES301/07/201330/03/2016
FABIANA FONSECA DOS SANTOS2001/07/201330/03/2016
JULIANA DE MAGALHÃES BANDEIRA301/07/201330/03/2016
PATRICIA MARINI MADRUGA301/07/201330/03/2016

Página gerada em 12/12/2018 13:11:32 (consulta levou 0.071193s)