Nome do Projeto
Consolidação de revestimento a base de cal: Metodologia adaptada às paredes de escariola da região de Pelotas/RS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/10/2013 - 30/12/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Engenharias - Materiais e Componentes de Construção
Resumo
Um dano bastante comum dos revestimentos de alvenaria em geral é a perda de adesão. Esta anomalia consiste na separação que pode ocorrer entre as camadas de argamassa ou mesmo entre a argamassa e o suporte. Esta perda de adesão não pode ser reparada com técnicas construtivas tradicionais, de forma que a tendência é a remoção do antigo reboco que é, então, substituído por um novo. (TAVARES, VEIGA, FRAGATA, 2010). Por apresentar uma camada superficial com acabamento diferenciado (lustrada e pintada) a substituição de partes soltas dos estuques lustrados não é uma possibilidade que possa ser levada em consideração durante o processo de intervenção nesses bens. A reconstituição destes revestimentos só pode ser utilizada quando houver a perda da camada original. Nos casos em que o revestimento tiver perdido adesão, mas ainda encontra-se fixado através da tensão superficial por suas extremidades é indicada a consolidação da argamassa de revestimento. As soluções mais comuns de consolidação implicam na injeção de uma massa colante bastante fluida, conhecida como pasta injetável , ou ainda, podem ser utilizados adesivos orgânicos ou inorgânicos. (VEIGA; AGUIAR, 2003, p. 05). A aplicação é feita através de injeções com seringas em pequenos orifícios abertos no revestimento onde se tenha percebido a falta de adesão através de um exame de percussão. A problemática desta pesquisa é colocada de forma que os resultados venham a contribuir com a preservação dos estuques lustrados através da qualificação das técnicas aplicadas para sua conservação e restauro. A bibliografia estudada apresenta diferentes técnicas de consolidação do revestimento solto ao suporte. Levando-se em consideração a vasta gama de produtos consolidantes usados em restauro, considerando também que a necessidade de consolidação costuma dar-se em áreas de maiores dimensões, o que inviabiliza a utilização de materiais caros, o questionamento levantado por este projeto de pesquisa é: Quais seriam as técnicas utilizadas para o restabelecimento da adesão entre camadas de revestimento e suporte que se valem dos materiais disponíveis no mercado brasileiro, preferencialmente da região sul do estado do Rio Grande do Sul e que atendem os requisitos técnicos para a consolidação de rebocos de edificações históricas e as particularidades dos estuques lustrados?

Objetivo Geral

O objetivo principal do trabalho aqui proposto que é desenvolver uma argamassa de consolidação injetável que se utiliza de produtos disponíveis no mercado nacional, preferencialmente regional, com objetivo de consolidar revestimentos de estuque lustrado e outros rebocos a base de cal dos edifícios históricos.
Os objetivos específicos a serem alcançados no decorrer deste trabalho são:
• Conhecer a situação de conservação dos estuques lustrados pelotenses através da elaboração de um inventário desses revestimentos das ZPPCs 1 e 2;
• Relacionar os estuques lustrados com o patrimônio cultural pelotense;
• Caracterizar as propriedades mecânicas dos estuques lutrados existentes;
• Elaborar uma lista com as diferentes técnicas de pastas injetáveis;
• Elaborar uma formulação de pasta injetável com produtos disponíveis no mercado nacional, preferencialmente regional;
• Caracterizar laboratorialmente a pasta injetável proposta;
• Analisar a eficiência da pasta de injeção proposta, levando-se em consideração os requisitos básicos apresentados por Tavares, Veiga e Fragata (2010, pp. 743-752).

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
JEFERSON DUTRA SALABERRY101/10/201318/01/2017
JULIANA NEUMANN SEIXAS1201/10/201331/07/2014
MARGARETE REGINA FREITAS GONCALVES101/10/201330/12/2017
PETRA NORNBERG GOETZKE1201/11/201431/07/2015

Página gerada em 22/10/2021 13:33:24 (consulta levou 0.043337s)