Nome do Projeto
Ocorrência e alternativas de controle de biótipos de Sagittaria montevidensis resistentes a herbicidas utilizados na cultura do arroz irrigado
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
16/09/2013 - 14/09/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia
Resumo
A cultura do arroz irrigado está entre os mais importantes cultivos agrícolas do Brasil, sendo os Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina os principais produtores desse cereal. A produtividade das lavouras tem sido afetada pela presença de plantas daninhas, que competem por água, luz e nutrientes com a cultura. Um dos fatores que favorecem o desenvolvimento dessas espécies infestantes do arroz é o manejo de irrigação. Áreas de cultivo no sistema pré-germinado propiciam condições favoráveis para plantas aquáticas, dentre elas destaca-se a ocorrência da Sagittaria montevidensis. O controle químico é a forma mais ágil e eficiente para suprimir o desenvolvimento dessas plantas, porém, em casos de biótipos com suspeita de resistência a herbicidas (inibidores da ALS e FSII) a dificuldade de controle aumenta. O objetivo do trabalho é investigar a resistência, o nível que ela se encontra e buscar alternativas de controle químico de biótipos de Sagittaria montevidensis resistentes a herbicidas na cultura do arroz irrigado. Os estudos a serem realizados a campo e em casa de vegetação consistem em aplicar diferentes tipos e doses herbicidas em biótipos resistentes a fim de confirmar a resistência múltipla e testar doses de herbicidas em biótipo susceptível e resistente para caracterizar o nível de resistência através de curvas dose-resposta. Em condições de campo, serão avaliadas combinações de herbicidas, com a finalidade de se encontrar alternativas de controle da Sagittaria montevidensis resistente. A realização desses estudos torna-se de grande valia, visto aos problemas encontrados para o controle dessa espécie em lavouras de arroz irrigado, conduzidas principalmente pelo sistema pré-germinado.

Objetivo Geral

O objetivo do trabalho é investigar a resistência, o nível que ela se encontra e buscar alternativas de controle químico de biótipos de Sagittaria montevidensis resistentes a herbicidas na cultura do arroz irrigado.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALFRAN TELLECHEA MARTINI116/09/201314/09/2015

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 32.000,00

Página gerada em 17/12/2018 03:50:28 (consulta levou 0.081346s)