Nome do Projeto
Avaliação do desempenho de forrageiras para integração lavoura-pecuária no Noroeste do RS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/11/2013 - 01/11/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Zootecnia
Resumo
O Estado do Rio Grande do Sul apresenta características climáticas que permitem dispor de forragem de qualidade durante praticamente todo o ano, particularidade que, aliada a solos férteis, tem colocado a região Noroeste deste Estado como uma das mais promissoras na produção de leite a pasto. A implantação de várias indústrias de beneficiamento desse produto, além de confirmar essa potencialidade, tem servido de estímulo aos produtores para o incremento da produção. Entretanto, no que tange a produtividade forrageira, apesar dos pontos positivos, há problemas comuns que são alvo de busca constante dos produtores. Citam-se assim limitantes da produção, tais como: alternativas forrageiras para o vazio outonal e sucessão inverno-verão mais baratas que o uso de forragem conservada, novas espécies estivais e hibernais e, alternativas para os momentos de crises forrageiras, principalmente na época de seca. A partir dessas necessidades regionais, o presente estudo tem como objetivo avaliar a introdução e o potencial produtivo de espécies forrageiras na região Noroeste do RS, mais conhecida como região Celeiro. Para tal, serão instalados experimentos com espécies forrageiras, gramíneas e leguminosas, anuais de clima frio. As áreas experimentais serão submetidas a controle experimental e os resultados à análise estatística através de metodologia adequada a cada caso. Ao final dos trabalhos espera-se obter resultados que contribuam com a minimização dos problemas anteriormente citados. Os resultados serão divulgados através de material bibliográfico especializado e publicações científicas.

Objetivo Geral

Geral:
Avaliar a introdução e o potencial produtivo de espécies forrageiras na região Noroeste do RS.

Específicos:
• Conhecer a curva de produção de forragem de diferentes espécies forrageiras, gramíneas e leguminosas, com vistas a orientar o planejamento forrageiro das propriedades;

• Determinar o potencial produtivo de diferentes espécies forrageiras tradicionalmente utilizadas;

• Verificar a adaptação de novas espécies de leguminosas e gramíneas;

• Apresentar alternativas forrageiras às tradicionalmente utilizadas;

• Contribuir para o embasamento científico do manejo forrageiro local;

• Minimizar alguns limitantes da produção de leite a pasto na região.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALEXSANDRO BAHR KRÖNING201/11/201301/11/2015
ANA ELICE FURTADO DA SILVA201/11/201301/11/2015
ANDRE SILVEIRA DA SILVA201/11/201301/11/2015
CÍCERO MATEUS SELL401/11/201301/11/2014
FERNANDO AMARILHO SILVEIRA201/11/201301/11/2015
IONE MARIA PEREIRA HAYGERT VELHO201/03/201431/12/2014
IONE MARIA PEREIRA HAYGERT VELHO201/03/201431/12/2014
JOÃO FRANCISCO JUNQUEIRA401/11/201301/11/2015
LUCAS VARGAS OLIVEIRA201/11/201301/11/2015
OLMAR ANTÔNIO DENARDIN COSTA201/11/201301/11/2015
PÂMELA PERES FARIAS201/11/201301/11/2015
RAFAEL BONADIMAN201/11/201301/11/2015
ROGER MARLON GOMES ESTEVES201/11/201301/11/2015
RÉGIS ANTÔNIO TEIXEIRA COELHO4001/11/201301/11/2015
WILLIAM CARDINAL BRONDANI201/11/201301/11/2015

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
EMBRAPAR$ 36.000,00
PPGZR$ 8.000,00

Página gerada em 17/12/2018 17:55:48 (consulta levou 0.075570s)