Nome do Projeto
DIFERENÇAS CULTURAIS E DESENHO URBANO: experiência de transferenciabilidade de princípios entre as cidades de Pelotas e Oxford.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/01/2014 - 01/01/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo
Resumo
A investigação é dedicada a mapear a aplicação de princípios de desenho urbano nas regiões centrais das cidades de Pelotas (Brasil) e Oxford (Inglaterra). Esses princípios vividos no dia a dia pelos usuários das cidades, cada uma culturalmente diversa e semelhante da outra em suas diferentes especificidades. Iremos experimentar os espaços públicos das cidades para testar os princípios de: [1] encorajar sustentabilidade (flexibilidade, elasticidade), [2] trabalhar com características do lugar (identidade, distintividade), [3] promover conexão e acesso (permeabilidade), [4] criar o fator bem estar (vitalidade), [5] promover diversidade (variedade) e [6] promover fácil entendimento do lugar (legibilidade), para tentar descobrir “do que é feito um bom lugar?”, “quais as diferenças de desenho urbano entre esses lugares?” e; “se esses princípios são transferíveis de uma cultura para outra?”. A metodologia esta dividida em três fases: territorialização, desterritorialização e reterritorialização. Na etapa de territorialização está previsto o reconhecimento dos lugares centrais das cidades e os princípios de desenho urbano pelos pesquisadores e usuários das cidades, a partir da produção de vídeos, recursos infográficos e pesquisas documentais. A etapa da desterritorialização pretende dar aos pesquisadores a oportunidade de experimentar o desenho urbano do outro, ou seja, os princípios de desenho urbano encontrados em Pelotas (Brasil) em Oxford(Inglaterra) e vice-versa, para tanto serão produzidos vídeos e material infográfico, a partir de uma intervenção no desenho urbano do outro pelo outro. A última etapa da pesquisa chamada aqui de reterritorialização pretende dar sentido a novos vínculos e princípios de desenho urbano, assim como encontrar os existentes já perdidos. Todas as etapas serão também compostas por teleconferências e divulgação dos resultados em tempo real por meio de website. Como resultado serão produzidos vídeos, desenhos, simulações (cenários de futuro: otimistas/pessimistas, temporais, situacionais, etc.) e cruzamento de princípios de desenho urbano. As principais contribuições esperadas são: avanços na área de desenho urbano de centros de cidades; a produção local de metodologia e tecnologia, produção de conhecimento sobre desenho urbano e interculturalidade. A proposta é parte do intercâmbio entre o Joint Centre for Urban Design/Oxford Brookes University e o Laboratório de Urbanismo da FAUrb/UFPel.

Objetivo Geral

O objetivo geral da proposta é compreender e sistematizar os princípios de desenho urbano experimentados nas cidades de Pelotas (Brasil) e Oxford (Inglaterra).
Objetivos Específicos:
- Analisar diferentes princípios de desenho urbano, ponderados a partir das obras Responsive Environments (1985) de Bentley et al. e Cities for People (2010) de Jan Gehl, que são: [1] encorajar sustentabilidade (flexibilidade, elasticidade), [2] trabalhar com características do lugar (identidade, distintividade), [3] promover conexão e acesso (permeabilidade), [4] criar o fator bem estar (vitalidade), [5] promover diversidade (variedade) e [6] promover fácil entendimento do lugar (legibilidade).
- Confeccionar plataformas interativas (infográficas e website) que suportem as variáveis e mapas produzidos pelas experiências realizadas no centro das cidades.
- Perceber os usos dos espaços públicos como um dos aspectos fundamentais para a sustentabilidade urbana; assim como estimular a experiência corporal na cidade a partir de eventos que estimulem o pensar-cidade.
- Conhecer por meio da relação direta com o desenho urbano vivido nas cidades, seu potencial cultural e pedagógico, entendendo mesmo que a cidade como poder ser: ensina; além de promover a integração entre centros de pesquisa que estudem a cidade e a contemporaneidade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALEXANDRE PEREIRA SANTOS501/01/201401/01/2017
ANA PAULA NETO DE FARIA201/01/201401/01/2017
BÁRBARA DE BARBARA HYPÓLITO501/01/201401/01/2017
CRISTIANE DITTGEN MIRITZ201/01/201401/01/2017
CRISTIANE DOS SANTOS NUNES501/01/201401/01/2017
DÉBORA SOUTO ALLEMAND501/01/201401/01/2017
FERNANDA TOMIELLO501/01/201401/01/2017
FLÁVIA PAGNONCELLI GALBIATTI501/01/201401/01/2017
GISELE SILVA PEREIRA201/01/201401/01/2017
GLAUCO ROBERTO MUNSBERG DOS SANTOS501/01/201401/01/2017
LAÍS DELLINGHAUSEN PORTELA501/01/201401/01/2017
MANUELA FARIAS AMARAL1201/08/201431/07/2015
MAURICIO COUTO POLIDORI201/01/201401/01/2017
OTAVIO MARTINS PERES201/01/201401/01/2017
PIERRE MOREIRA DOS SANTOS501/01/201401/01/2017
PIERRE MOREIRA DOS SANTOS1201/08/201431/07/2015
RAFAELA BARROS DE PINHO501/01/201401/01/2017
RODOLFO BARBOSA RIBEIRO501/01/201401/01/2017

Página gerada em 20/10/2019 18:42:30 (consulta levou 0.116793s)