Nome do Projeto
AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DE BACTÉRIAS BIOCONTROLADORAS NO CONTROLE DE Sclerotinia sclerotiorum NA CULTURA DO FEIJÃO
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
09/12/2013 - 08/12/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia - Fitopatologia
Resumo
O feijão é um grão tradicional na alimentação da população brasileira, destacando-se por fornecer uma elevada fonte de proteínas. A cultura está amplamente distribuída em todos os estados brasileiros, no entanto pode apresentar baixo rendimento devido à incidência de doenças fúngicas como o mofo branco (Sclerotinia sclerotiorum), as quais, são responsáveis pela queda na produtividade e qualidade do grão. Práticas de controle como a utilização de agrotóxicos comumente são utilizadas, o que traz muitos danos tanto para o ambiente quanto para o homem. Diante desta prerrogativa, o controle biológico surge como uma alternativa promissora e sustentável. Assim têm-se por objetivo avaliar o potencial de controle biológico do mofo brancoa partir da microbiolização de sementes de feijão com bactérias biocontroladoras de diferentes patógenos bem como as bactérias pré selecionadas para diferentes doenças. Para tanto, serão realizadas avaliações in vitro, as quais determinarão a atividade antibiótica frente ao isolado fúngico, além disso será avaliada a capacidade de competição a qual compreenderá, produção de sideróforos, formação de biofilmes e o perfil metabólico. Os seguintesexperimentos serão em DIC com seis repetições. Bioensaios serão realizados microbiolizando-se (OD540=0,5, 10ºC/5h) sementes de feijão e distribuindo-as em caixas gerbox confrontando-as com discos miceliais de S. sclerotiorum. Além disso, sementes serão microbiolizadas e semeadas em substrato comercial não esterilizado, após a emissão do primeiro trifólio, os quais serão destacados e inoculados com discos de micélio do patógeno, a avaliação consistirá na incidência e severidade da doença, o experimento será em DBC com seis repetições. In vivo, será avaliado o biocontrole através da microbiolização de sementes e infestação do solo com 4g de escleródios/Kg de solo, serão avaliadas a incidência e severidade da doença distribuídos em DIC com seis repetições. Assim espera-se selecionar bactérias com potencial de biocontrole sobre S.sclerotiorum em feijão.

Objetivo Geral

OBJETIVO GERAL

Buscar o controle biológico de Sclerotinia sclerotiorum no feijão, empregando-se bactérias biocontroladoras a partir da microbiolização das sementes.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

- Avaliar o potencial de controle in vitro e in vivo de S. sclerotiorum no feijão, a partir da utilização de bactérias.

- Selecionar bactérias com potencial antagônico ao fungo S. sclerotiorum.

- Determinar atividade antibióticas e enzimáticas dos biocontroladores envolvidas no processo de antibiose e parasitismo.

- Avaliar a eficiência da microbiolização das sementes de feijão com bactérias selecionadas quando desafiadas por S. sclerotiorum.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
Bianca Obes Corrêa409/12/201331/12/2014
DANIELA PIMENTEL RODRIGUEZ2009/12/201331/03/2015

Página gerada em 11/12/2018 13:55:04 (consulta levou 0.066880s)