Nome do Projeto
Avaliação da Farmacocinética das Suspensões contendo Nanocápsulas de Meloxicam em cérebros de ratos
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
18/12/2013 - 02/01/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Bioquímica
Resumo
A nanotecnologia representa uma abordagem inovadora e promissora para o tratamento de diversas doenças. Tendo em vista o grande interesse na procura e no desenvolvimento de novas formulações contendo sistemas de entrega de fármacos na escala nanométrica, que possam ser utilizados para fins terapêuticos faz-se importante a realização de estudos que analisem a farmacocinética desses ativos nanoencapsulados. Protocolo experimental: os ratos serão tratados com uma dose única do meloxicam nanoencapsulado (0,3 mg/mL) na dose de 1 mg/Kg por via intravenosa. Será realizada a extração do meloxicam do cérebro dos ratos através da técnica de microdiálise em diferentes tempos e o doseamento será realizado em HPLC. No dia do experimento, será colocada a sonda (CMA/12, 3 mm), através da guia de sonda implantada anteriormente. Após a colocação da sonda, os animais permanecerão em repouso por 30 min. Posteriormente, a sonda será conectada ao sistema de microdiálise e se iniciará a perfusão (1 μL/min) com o LCA. A estabilização do animal ao sistema será realizada durante a primeira hora de perfusão, assim, o animal se adaptará ao sistema e o microambiente em torno da sonda se estabilizará (Dalley e Stanford, 1995). Após esse período, será administrado o tratamento com asnanocápsulas contendo meloxicam e serão coletadas amostras de 20 μL do dialisado em intervalos de 0,25; 0,5; 1; 2; 4; 8; 24; 48; 72 e 96 h, ou até que o meloxicam não seja mais detectado no tecido cerebral dos animais. As amostras serão coletadas em eppendorf de 200 μL contendo 10 μL de uma solução de conservação para impedir a degradação do meloxicam. Essas amostras serão mantidas ao abrigo da luz e imersas em um recipiente contendo gelo até o final do procedimento, onde serão armazenadas em freezer à -80ºC até o momento da análise em CLAE. Os dados da farmacocinética serão analisados quanto a área sob a curva de concentração (ASC), pico da concentração plasmática do fármaco (Cmax) e tempo da concentração máxima (Tmax), primeiro momento em que apareceu o meloxicam no plasma (Tmd).

Objetivo Geral

O presente estudo visa determinar a quantificação cerebral do meloxicam nanoencapsulado após a administração intravenosa de uma única dose da suspensão, através da técnica de microdiálise em ratos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALINE VARGAS DE LIMA501/01/201402/01/2016
ALINE VARGAS DE LIMA1201/10/201331/07/2014
ANA TERESINHA DUTRA FERREIRA1201/01/201531/07/2015
ETHEL ANTUNES WILHELM218/12/201302/01/2016
LUCIELLI SAVEGNAGO218/12/201302/01/2016
LUCIMAR MARQUES PINTO BROD201/01/201402/01/2016
MIKAELA PEGLOW PINZ401/01/201402/01/2016
PÂMELA ARAUJO MACHADO401/01/201402/01/2016
PÂMELA ARAUJO MACHADO1201/08/201431/12/2014

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 50.000,00
FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul)R$ 25.000,00

Página gerada em 20/10/2019 06:37:23 (consulta levou 0.056697s)