Nome do Projeto
DETERMINAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIMICROBIANA DA PRÓPOLIS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
15/02/2014 - 31/12/2017
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Resumo
O uso indiscriminado e prolongado de antimicrobianos químicos sintéticos tem contribuído com o surgimento de microrganismos patogênicos resistentes, ressaltando a necessidade de estudos visando a descoberta de novas substâncias com capacidade antibiótica. Neste sentido, o uso de antimicrobianos de origem natural, como plantas medicinais e própolis, tem se demonstrado uma alternativa eficaz. A própolis, uma substância produzida pelas abelhas a partir de resinas naturais, apresenta várias propriedades bioativas, como ação antibacteriana, antioxidante, antifúngica, antiparasitária, imunomoduladora e antiviral. No que diz respeito à atividade antiviral, alguns trabalhos já comprovaram a sua ação sobre a replicação do vírus da influenza (A e B), vírus de Newcastle e herpesvírus aviário. Em estudos in vitro, a atividade antibacteriana da própolis está relacionada, principalmente, com seus compostos flavonóides, ácidos aromáticos e ésteres. Além disso, algumas amostras deste produto das abelhas atuaram como antifúngicos sobre dermatófitos, leveduras e alguns fungos filamentosos. O presente projeto busca avaliar: 1- capacidade antiviral do extrato etanólico da própolis verde in vitro (cultivo celular) e in vivo (membrana cório alantóide de ovos embrionados); 2- atividade antibacteriana in vitro em diferentes isolados e 3- ação antibacteriana e antifúngica em ovos embrionados destinados a incubação.

Objetivo Geral

- Avaliação da capacidade antiviral do extrato etanólico e aquoso da própolis marrom e verde, in vitro (em cultivo celular) e in vivo (membrana cório alantóide de ovos embrionados);

- Avaliação da atividade antibacteriana do extrato etanólico da própolis marrom e verde in vitro sobre isolados bacterianos;

- Avaliação da ação antibacteriana e antifúngica de extratos etanólico e aquoso de própolis marrom e verde em ovos embrionados destinados a incubação;

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AMANDA ORLANDI BOF1201/08/201215/02/2014
CAMILA SANTOS MATOS1201/08/201331/07/2014
MATHEUS PIOVESAN1201/08/201215/02/2014
RENATA OSORIO DE FARIA115/02/201431/12/2017

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 1.500,00

Página gerada em 11/12/2018 04:59:38 (consulta levou 0.091440s)