Nome do Projeto
Estudo da citotoxicidade, genotoxicidade e mutagenicidade de fenilseleno acetofenonas
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
21/03/2014 - 21/03/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Farmacologia - Toxicologia
Resumo
O estado de estresse oxidativo é caracterizado pelo desequilíbrio entre a geração de espécies reativas (ERs) e a capacidade dos organismos em neutralizá-las.Nos últimos anos, evidências têm demonstrado o papel central exercido pelas EROs em um variado número de reações biológicas fundamentais, sugerindo que muitas doenças e processos degenerativos como Alzheimer, Parkinson, infartos do miocárdio, aterosclerose e diabetes, podem estar associados com a superprodução das EROs.Sendo assim, é crescente o interesse em compostos com ação antioxidante com o intuito de neutralizar EROs, e, com isso, evitar danos às biomoléculas. Nas últimas décadas, os compostos orgânicos de selênio têm recebido uma atenção especial devido às suas diversas propriedades farmacológicas, tais como: antioxidante, antinociceptiva, anti-inflamatória, anti-tumoral e antidepressiva.Por outro lado, a história do elemento selênio, e, com isso, a história dos compostos orgânicos de selênio, tem sido marcada por um contraste entre efeitos tóxicos e farmacológicos. De fato, os compostos orgânicos de selênio podem apresentar ação citotóxica, genotóxica e mutagênica, muitas vezes relacionada a uma ação pró-oxidante desses compostos. Apesar disso, o potencial de uso terapêutico dos compostos orgânicos de selênio ainda não foi suficientemente explorado e, consequentemente, não se pode descartar esta classe de compostos como promissores agentes farmacêuticos. Na verdade o futuro dos organocalcogênios como agentes farmacológicos dependerá de estudos toxicológicos mais detalhados que deverão surgir nos próximos anos. Sendo assim, um estudo de perfil toxicológico desses compostos torna-se relevante no intuito de se estabelecer a segurança quanto ao seu uso.

Objetivo Geral

Objetivo geral
Avaliar a toxicidade genética e o dano oxidativo da classe de compostos fenilseleno acetofenonas por meio de estudo de células de mamíferos e sugerir os mecanismos envolvidos.

Objetivos específicos
(1)Avaliar a citotoxicidade, genotoxicidade in vitro e ex vivo e avaliar a mutagenicidade in vitro em células de mamíferos através dos ensaios de viabilidade celular, ensaio cometa e ensaio de micronúcleos;
(2)Avaliar a toxicidade aguda dos compostos quando administrados pela via oral em camundongos;
(3)Avaliar o dano oxidativo dos compostos no tecido hepático, renal e cerebral de camundongo sem ensaios in vitro e ex vivo;
(4) Estudar a relação estrutura-atividade dos compostos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANGELA MARIA CASARIL1201/08/201331/07/2014
CRISTIANE LUCHESE221/03/201421/03/2016
DIEGO DA SILVA ALVES221/03/201421/03/2016
ETHEL ANTUNES WILHELM421/03/201421/03/2016
MARIANA GÁLLIO FRONZA1201/11/201331/07/2014
VANESSA KOCH1201/08/201431/01/2015

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 50.000,00

Página gerada em 14/12/2018 13:31:32 (consulta levou 0.094241s)