Nome do Projeto
Descrição e análise das produções escritas de alunos de duas escolas municipais do ensino fundamental de Santana do Livramento: como trabalhar as dificuldades recorrentes na escrita dos alunos
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
24/03/2014 - 31/01/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes - Linguística
Resumo
A presente pesquisa tem por objetivo destacar a importância de o professor estar atento aos erros recorrentes de escrita de seus alunos, pois através da constatação desses erros é possível realizar um trabalho mais específico e eficaz, melhorando assim a aprendizagem em sala de aula. Faz-se necessário cada vez mais desenvolver uma atitude de professor engajado em uma pedagogia culturalmente sensível, ou seja, voltando suas atenções para o educando e suas necessidades, conhecer bem a realidade do aluno e suas limitações. Faz-se urgente e necessária uma postura sensível e atenta, um professor mais humano, capacitado não apenas em técnicas didáticas e teóricas, mas também perceptivo do ambiente escolar como um todo. Professores de todas as disciplinas devem estar comprometidos com a formação do aluno. Ao professor de Língua Portuguesa cabe uma responsabilidade ainda maior, pois através da nossa linguagem é possível desenvolver uma comunicação ainda maior com o aluno, sobre sua forma de escrever, de falar, de se expressar em sala de aula. Observa-se as limitações e dificuldades dos alunos e, quanto mais atento e presente o professor estiver, mais pistas terá para enfocar ações construtivas na aprendizagem deste aluno, atingindo o foco do problema e assim tendo melhores resultados. A escola e a sala de aula não podem mais ser vistas apenas como um local de trabalho, mas sim como um campo de atuação, de semeadura para o professor que acredita no poder transformador da educação. Como base em uma perspectiva de pedagogia comprometida e voltada para o aluno, apresento uma análise e abordagem dos erros mais recorrentes nas redações de alunos de turmas iniciais do ensino fundamental, Essa análise/observação é o ponto de partida para conhecer as limitações dos alunos e, assim, partir para a elaboração de um trabalho mais direcionado, que vise à melhoria na escrita deste aluno. Bortoni-Ricardo (2005:53) afirma que: “a identificação dos erros é fundamental para racionalizar e explicar as avaliações, atendendo áreas cruciais de incidência”. A partir da análise das redações desses alunos, será possível identificar e classificar os erros mais recorrentes e as interferências do espanhol nas produções dos alunos, refletindo por que eles acontecem e o que esta sendo feito ou não está sendo feito para solucionar ou amenizar esse fato, quem é o responsável e o que fazer.

Objetivo Geral

Esta pesquisa tem como objetivo analisar os erros mais recorrentes na escrita de alunos do ensino fundamental de duas escolas públicas do município de Santana do Livramento, que fazem parte do Programa Escolas Interculturais de Fronteira (PEIF/ MEC-SEB) - E.M.E.F. Camilo Alves Gisler (134 alunos e 14 professores) e E.M.E.F. Silveira Martins (160 alunos e 17 professores), ambas do 1º ao 8º ano, que vivem em situação bilíngue, bem como destacar a importância do professor estar atento a esses erros para realizar um trabalho mais eficaz e direcionado com seus alunos. Trabalho também uma reflexão sobre o porquê desses erros ocorrem e por que acompanham o aluno por vários anos escolares. A abordagem metodológica utilizada na pesquisa foi à análise das redações de alunos destas séries, em uma escola pública de Pelotas, acrescida de observações e entrevistas com seus professores.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA LOURDES DA ROSA NIEVES BROCHI FERNANDEZ219/05/201431/01/2015
EDGARDO PIRIZ MILANO619/05/201431/01/2015
FERNANDA CRISTINA RUTZ RAATZ819/05/201431/01/2015
JOAO LUIS ROCHA PAIXAO CORTES219/05/201431/01/2015

Página gerada em 15/12/2018 09:58:47 (consulta levou 0.083652s)