Nome do Projeto
Compostos nitrogenados e metais pesados na aquicultura: a extensão tecnológica que garante a segurança na pesquisa e no setor produtivo.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
05/05/2014 - 04/04/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Resumo
O projeto tem como meta avaliar o impacto dos efluentes gerados em diferentes sistemas de produção de tilápias. Os sistemas em avaliação serão águas claras (tanques escavados), Hapas e em bioflocos. O sistema de criação em biofloco é utilizado atualmente para a seleção de matrizes para o sistema produtivo brasileiro. Amostras serão tomadas ao longo do período de produção para analise de compostos nitrogenados e derivados (amônia, nitrito, nitrato e nitrosaminas) e análises de elementos traços (metais pesados) nos diferentes sistemas de cultivo e nos produtos derivados do cultivo. Portanto, o objetivo final é melhor o sistema de produção de forma a obter menores taxas de mortalidade, redução da contaminação de ovos durante a incubação, redução dos custos de produção através da redução do tempo de cultivo com vista a estabelecimento de um sistema produtivo ambientalmente mais seguro e eficiente.

Objetivo Geral

Realiza extensão tecnológica em rede com instituições parceiras que atenda suas demandas, visando aumentar a competitividade da empresa através do controle de qualidade dos seus produtos e a ampliação do mercado nacional e a exportação de matrizes, bem como a acurácia de projetos de pesquisa em melhoramento genético de tilápias.
Garantir a sanidade dos produtos de aquicultura produzidos pela empresa, no que tange aos parâmetros estudados, bem como o impacto ambiental produzido pelo resíduo do cultivo de peixes.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CRISTIANE DA SILVA BRUM105/05/201403/02/2015
FRANCINE BASTOS MAAGH205/05/201406/07/2015
VERÔNICA HAMMES GARCIA105/05/201406/04/2015

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CNPqR$ 158.000,00

Página gerada em 10/12/2018 21:03:51 (consulta levou 0.070039s)