Nome do Projeto
CONSTRUÇÃO, REPRODUTIBILIDADE E VALIDADE DE UM QUESTIONÁRIO DE FREQUÊNCIA ALIMENTAR PARA AVALIAR A INGESTÃO DE ALIMENTOS CARIOGÊNCIOS E EROSIVOS EM PRÉ-ESCOLARES E ADOLESCENTES
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
08/05/2014 - 20/12/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia
Resumo
A dieta é um dos fatores de risco da cárie dentária cujo tratamento necessita de uma avaliação e controle dietético. A cariogenicidade da dieta é determinada pela presença de carboidratos fermentáveis, principalmente a sacarose. Um outro problema que pode ocorrer em consequência da dieta é o desgaste dentário erosivo (DDE), que é uma condição irreversível que se manifesta como perda substancial de tecido duro dental, devido à dissolução química por ácido proveniente de fontes extrínsecas como medicamentos, estilo de vida e dieta; e intrínsecas, quando o ácido gástrico atinge a boca devido ao refluxo, sem envolvimento bacteriano. Se não tratado, o DDE tem o potencial de afetar a dentição do indivíduo e qualidade de vida relacionada à saúde oral. O estudo da relação entre problemas de saúde bucal e consumo alimentar apresenta algumas dificuldades e ainda não existe um consenso sobre qual o melhor método para avaliar a dieta. Na prática clínica, os métodos mais utilizados para avaliar a ingestão de alimentos são o recordatório de 24 horas (R24h), diário alimentar (DA) e o questionário de frequência alimentar (QFA). O presente projeto terá como objetivo construir e validar um Questionário de Frequência Alimentar para avaliar o consumo de alimentos com potencial cariogênico e erosivo. Para tanto 160 adolescentes e 120 pré-escolares de escolas pública e privada do município de Pelotas serão selecionados aleatoriamente para serem entrevistados. Após a determinação dos alimentos que farão parte do QFA, o instrumento será submetido a um processo de validação. Serão aplicados registros alimentares de três dias e o próprio QFA. Para a construção do QFA serão considerados os alimentos que representarem potencial ação cariogênica e/ou erosiva conforme observado na revisão de literatura. No QFA, o participante terá que responder se a quantidade consumida é igual a porção média (porção mediana), menos que a porção média (metade da porção mediana) ou mais que a porção média (dobro da porção mediana). A periodicidade do consumo será dividida de uma a 10 vezes por dia, semana, mês ou ano. Os registros alimentares de 3 dias serão analisados em relação a composição calórica e de nutrientes no software ADS Nutri. Os QFAs serão duplamente digitados no software DietSys. A análise descritiva incluirá o cálculo de medidas de tendência central e dispersão para as informações obtidas através dos diferentes registros alimentares.

Objetivo Geral

1 - Construir um Questionário de Frequência Alimentar quantitativo para uma população de adolescentes e um Questionário de Frequência Alimentar quantitativo para uma população de pré-escolares
2 - Analisar a reprodutibilidade do instrumento.
3 - Analisar a validade do Questionário de Frequência Alimentar comparando-o com Registros Alimentares de 3 dias.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ELENARA FERREIRA DE OLIVEIRA208/05/201420/12/2016
KAREN DO NASCIMENTO LOPES1201/08/201431/07/2016
LUDMILA CORREA MUNIZ208/05/201420/12/2016
MARCOS BRITTO CORREA108/05/201420/12/2016
MARIA CECILIA FORMOSO ASSUNCAO108/05/201420/12/2016
MAYRA PACHECO FERNANDES2008/05/201420/12/2016
QUÉREN FERREIRA DA ROSA2008/05/201420/12/2016
THAIANE SCHROEDER1201/08/201531/07/2016

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
PROAPR$ 1.540,00

Página gerada em 14/12/2018 13:35:29 (consulta levou 0.071673s)