Nome do Projeto
Avaliação das ações antinociceptiva e anti-inflamatória de compostos sintéticos derivados de quinolinas em camundongos.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/05/2014 - 01/05/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Bioquímica
Resumo
O interesse em identificar novos alvos para o tratamento da dor e inflamação tem aumentado expressivamente nos últimos anos (SZOLCSÁNYI, et al., 2011; WELCH, et al, 2012; KLECZKOWSKA e LIPKOWSKI, 2013; NADAL, et al, 2013). Apesar dos avanços recentes ocorridos na compreensão dos mecanismos envolvidos na gênese e manutenção da dor e inflamação, as terapias disponíveis atualmente possuem apenas resultados parciais e a maior parte das drogas analgésicas e anti-inflamatórias apresenta importantes efeitos colaterais, o que dificulta o uso contínuo. Os compostos derivados de quinolina tem demonstrado importantes ações farmacológicas, incluindo as propriedades antimaláricas, anti-inflamatória, antitumoral, hipoglicemiante, anticarcinogênica, anti-hipertensivas, anti-asmática, anti-histamínicas e antidepressiva (NAIK et al., 2009, BHASIN et al., 2010, KAUR et al., 2010, MARELLA, 2012; SHTRYGOL' SIU et al., 2012). Manera e colaboradores (2007) revelaram que derivados de quinolina apresentam ação antinociceptiva in vivo, possivelmente devido a sua alta afinidade por receptores canabinóides. Esta classe de compostos também apresentou potente atividade em modelo de dor neuropática em ratos (BARE et al., 2007). Paralelamente aos compostos derivados de quinolina, destacam-se os compostos orgânicos do selênio, os quais possuem síntese simples e atividades farmacológicas relevantes (NOGUEIRA e ROCHA, 2011). Dentre os organoselênios, o ebselen destaca-se pela sua atividade antioxidante e sua importante ação mimética a atividade da enzima glutationa peroxidase (MULLER et al., 1984). Inúmeros compostos orgânicos de selênio exercem ações efetivas sobre a dor e processos inflamatórios em modelos experimentais (WILHELM et al., 2009; BRUNNING et al., 2010; NOGUEIRA e ROCHA, 2011). Neste contexto, compostos contendo selênio em sua estrutura são importantes alvos de estudo frente a modelos de nocicepção e inflamação. Desta forma, considerando (i) a necessidade da descoberta de novas alternativas terapêuticas para o tratamento da dor e inflamação; (ii) as promissoras atividades biológicas de derivados quinolina e de compostos orgânicos de selênio; torna-se de grande importância o estudo da possível ação antinociceptiva e antiinflamatória de compostos inéditos derivados de quinolinas, incluindo os substituídos com grupamento organoselênio, bem como o estudo dos mecanismos envolvidos nesta ação.

Objetivo Geral

Objetivo Geral:
Identificar a possível ação antinociceptiva e anti-inflamatória de compostos sintéticos inéditos derivados de quinolina em camundongos, bem como investigar os mecanismos envolvidos nesta ação.
Objetivos Específicos:
 Avaliar a ação de compostos sintéticos inéditos derivados de quinolina no teste da formalina em camundongos (avaliação da ação analgésica e anti-inflamatória)
 Identificar a ação antinociceptiva de compostos sintéticos inéditos derivados de quinolina no teste de contorções abdominais induzidas por ácido acético e no teste da chapa quente.
 Estudar a possível contribuição dos sistemas opióide, serotoninérgico e via L-arginina-óxido nítrico nos efeitos comportamentais induzidos pelos compostos testados.
 Realizar um comparativo estrutura-atividade dos compostos estudados.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALINE VARGAS DE LIMA1201/08/201431/07/2015
ANGÉLICA SCHIAVOM DOS REIS401/05/201401/05/2016
ANGÉLICA SCHIAVOM DOS REIS1201/08/201431/07/2015
CRISTIANE LUCHESE201/05/201401/05/2016
DIEGO DA SILVA ALVES101/05/201401/05/2016
LUCIELLI SAVEGNAGO201/05/201401/05/2016
LUCIMAR MARQUES PINTO BROD201/05/201401/05/2016
MIKAELA PEGLOW PINZ1201/08/201431/07/2015
RODOLFO DA SILVA MAZZARINI BALDINOTTI401/05/201401/05/2016

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 50.000,00
FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul)R$ 20.170,00

Página gerada em 09/12/2018 18:24:42 (consulta levou 0.086458s)