Nome do Projeto
Análise de patologias em edificações de importância sócio-econômica na cidade de Pelotas: estudo de caso da estação rodoviárias
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
02/06/2014 - 02/06/2016
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
Resumo
Este projeto de pesquisa justifica-se na importância sócio-econômica que o Terminal Rodoviário tem para Pelotas e região, além do valor que as edificações de cunho modernista têm para com a cidade e no fato da edificação em questão apresentar diversos problemas patológicos. Como contribuição deste projeto espera-se elaborar um diagnóstico completo sobre as patologias da edificação, auxiliando o poder público que tem tomado providências sem êxito na resolução destes problemas. Além de produzir material para o Município, tentar a captação de recursos junto do Governo Federal e difundir o conhecimento na área, disponibilizando material para futuras pesquisas sobre o tema. Essas e outras questões, que serão analisadas no decorrer do presente estudo, permitem a elaboração de alguns questionamentos: Os problemas patológicos que ali se apresentam estão comprometendo a estrutura? Há solução imediata para os problemas da Estação? Há possibilidade de dar uso às lajes da cobertura sem prejudicar a estrutura existente?

Objetivo Geral

A partir destes questionamentos, define-se como objetivo geral desta pesquisa identificar, mapear e diagnosticar as patologias que se apresentam na Estação Rodoviária de Pelotas, com o intuito de gerar material para a Prefeitura Municipal, bem como para futuros estudos sobre a edificação. Ademais, tem–se como objetivo elaborar um Plano de Conservação ou Reforma para esta edificação.
Como objetivos específicos, pretende-se:
a) Identificar as patologias que se apresentam na Estação Rodoviária;
b) Classificar as patologias de acordo com sua causa e origem;
c) Verificar qual tipo de patologia interfere mais no conforto do usuário da Estação para elaboração das prioridades do Plano de Conservação ou Reforma;
d) Executar ensaios e extração de testemunhos para ajudar na composição do diagnóstico das patologias da edificação.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALVARO SILVA XAVIER202/06/201402/06/2016
ARETUSA OLIVEIRA RODRIGUES402/06/201402/06/2016
CHARLEI MARCELO PALIGA402/06/201402/06/2016
DANIELLE GRIEP PERLEBERG202/06/201402/06/2016
EDUARDO DE QUADROS BERTONI202/06/201402/06/2016
FERNANDO WULFF AL-ALAM1002/06/201402/06/2016
JORGE LUIZ DE LIMA CURI HALLAL202/06/201402/06/2016
MONICA NAVARINI KURZ202/06/201402/06/2016
NATIELE GONÇALVES NICOLINI202/06/201402/06/2016
SERGIO LUND AZEVEDO202/06/201402/06/2016
VÍVIAN MICHELE BANDEIRA DA SILVA202/06/201402/06/2016

Página gerada em 06/12/2019 11:22:25 (consulta levou 0.075960s)