Nome do Projeto
Influência de diferentes métodos de secagem na composição nutricional e atividade antioxidante em folhas de Pereskia aculeata
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/06/2014 - 30/06/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Nutrição
Resumo
A Lei n° 11.346 dispõe que “Segurança Alimentar e Nutricional consiste na realização do direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente, sem comprometer o acesso a outras necessidades essenciais, tendo como base práticas alimentares promotoras de saúde, que respeitem a diversidade cultural e que sejam ambiental, econômica e socialmente sustentáveis” (BRASIL, 2006). No contexto da diversificação alimentar e cultural aparecem as plantas alimentícias não convencionais, que são aquelas com distribuição restrita a determinadas regiões, exercendo grande influência na alimentação e na cultura de populações tradicionais. O resgate e a valorização dessas hortaliças na alimentação representam ganhos importantes do ponto de vista cultural, econômico, social e nutricional. Trata-se de uma questão de segurança e de soberania alimentar estimular a produção e o consumo das hortaliças não-convencionais, em vista de suas características nutracêuticas e da sua rusticidade de cultivo (BRASIL, 2010). Uma dessas hortaliças não convencionais é a Pereskia aculeata Miller, planta pertencente à família das Cactaceaes que no Brasil é conhecida como ora-pro-nobis e encontrada desde o estado do Rio Grande do Sul até o estado da Bahia (TAKEITI et al., 2009). Estudos revelam que as folhas de Pereskia aculeata possuem elevados teores de proteína, possui o triptofano como o aminoácido mais abundante e lisina e metionina como os aminoácidos limitantes. Ainda, possuem quantidades elevadas de fibras dietéticas totais, minerais, principalmente ferro, cálcio, magnésio, manganês e zinco, e vitaminas, A, C e Ácido fólico (TAKEITI et al., 2009). O processamento é uma importante forma de aproveitamento dos alimentos, diminuindo o percentual de perdas e agregando valor aos produtos (TONON et. al., 2006). O processo de secagem tem como objetivo principal prolongar a vida de prateleira dos alimentos por meio de redução da atividade de água, inibindo assim o crescimento microbiano e a atividade enzimática (FELLOWS, 2006). Dentre os processos de secagem, a liofilização é o que menos altera as propriedades químicas e organolépticas dos alimentos, pois é realizado sob baixa temperatura e ausência do ar atmosférico. O processo consiste no emprego de diferentes condições de pressão e temperatura, tais que a água previamente congelada, passa do estado sólido para o estado gasoso por sublimação (GAVA, 1994).

Objetivo Geral

O objetivo da pesquisa será avaliar as folhas de Pereskia aculeata in natura e submetidas a dois processos de secagem, convencional e liofilização, quanto a composição nutricional, vitamina C e atividade antioxidante, a fim de verificar a influência da secagem no conteúdo de importantes componentes nutricionais da planta. Dessa maneira, se almeja incentivar a produção de Pereskia aculeata pela agricultura familiar e ampliar a comercialização da planta, bem como, identificar qual método de secagem gera o melhor custo benefício.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDRESSA DE ASSIS LOURENÇO1201/03/201531/07/2015
ANDRESSA DE ASSIS LOURENÇO101/06/201430/06/2015
BRUNA DOS ANJOS PEDERZOLI101/06/201430/06/2015
CHAIANE GOULART SOARES101/06/201431/12/2014
DÉBORA OLIVEIRA DA SILVA301/06/201430/06/2015
MAURICIO SEIFERT201/06/201430/06/2015

Página gerada em 19/12/2018 12:27:38 (consulta levou 0.079144s)