Nome do Projeto
Susceptibilidade in vittro e in vivo do oomiceto Pythium insidiosum
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
03/01/2015 - 29/01/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Resumo
O presente estudo tem como objetivos avaliar a ação antimicrobiana in vitro e in vivo dos óleos essenciais de Origanum vulgare (orégano), Rosmarinus officinalis (alecrim), Mentha piperita (Hortelã) e Origanum majorana (Manjerona), sobre zoósporos e hifas do oomiceto Pythium insidiosum. Os óleos foram obtidos por comercialmente da indústria Ferquima. A avaliação da atividade antimicrobiana foi realizada pelo método de microdiluição em caldo de acordo com o documento M38-A2 do CSLI adaptado para fitofármacos. Serão avaliados trinta isolados de P. insidiosum e a concentração inibitória mínima (MIC) foi determinada pela inibição de 100% do crescimento. Após esta fase será os testes in vivo com a utilização de coelhos como modelo experimental onde será aplicado reproduzida a doença e tratado com uma pomada na qual será utilizada a concentração de oléo essencial correspondente ao MIC da faze in vitro.

Objetivo Geral

Objetivo geral:
- Avaliar a susceptibilidade in vitro e in vivo de P. insidiosum aos óleos essenciais de M. piperita, O. majorana, O. vulgare e R. officinalis.

Objetivos específicos:
- Obtenção do óleo essencial de M. piperita, O. majorana, O. vulgare e R. officinalis.;.
- Avaliar a susceptibilidade in vitro de isolados de P. insidiosum ao óleo essencial de M. piperita, O. majorana, O. vulgare e R. officinalis;
- Avaliar a toxicidade dos óleos essenciais de M. piperita, O. majorana, O. vulgare e R. officinalis;
- Avaliar a eficácia de uma formulação tópica dos óleos essenciais que apresentarem melhores os resultados in vitro no tratamento da pitiose experimental em coelhos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
DANIELA ISABEL BRAYER PEREIRA103/01/201529/01/2016

Página gerada em 24/09/2019 06:07:15 (consulta levou 0.089400s)