Nome do Servidor
MARIO CARLOS ARAUJO MEIRELES
Matrícula SIAPE
420336
Data de ingresso no serviço público
01/07/1979
Data de ingresso na UFPel
01/07/1979
Data de ingresso no cargo
02/05/2006
Data de inatividade
31/05/2017
Cargo
Professor do Magistério Superior/Classe/Tit.
Classe / Nível
8 / 801
Titulação
Doutorado
Lotação
Regime / Jornada de Trabalho
Estatutário / Dedicação Exclusiva
Situação
Aposentado

Resumo

Graduado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel-1977), mestrado em Microbiologia e Imunologia pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP-1981) e doutorado em Microbiologia e Imunologia pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP-1993). Atualmente é Professor Titular (Classe E) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), orientador no Programa de Pós-Graduação em Veterinária da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e pesquisador bolsista 1C do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em Medicina Veterinária Preventiva, especialmente voltada ao diagnóstico, patologia, epidemiologia, tratamento e controle das Doenças Infeccisas e atuando principalmente na área de Micologia (Micoses de interesse em Veterinária e Saúde Pública e também no segmento das Micotoxinas e Micotoxicoses). Nos temas : Sporothrix schenckii, Malassezia pachydermatis, Candida spp., esporotricose, malasseziose e candidíases em cães e gatos são conduzidos estudos e investigações científicas da casuística, biologia molecular e sensibilidade aos aloterápicos e fitoterápicos, faz parte, também, dessa linha de trabalho o gênero Aspergillus e a aspergilose em animais silvestres e aves (Pinguins). Fatores de patogenicidade (melanina) e componentes da resposta imune da esporotricose em cães e gatos são investigados através de projetos desenvolvidos pelo Grupo de Pesquisa em Micologia. As dermatofitoses e os dermatófitos em animais de companhia, equinos e bovinos são monitorados pelo grupo, quanto a epidemiologia, clínica e patologia. Epidemiologia e diagnóstico da Erliquiose de importância animal está entre as bacterioses de interesse do grupo de pesquisa e estudos pioneiros vem sendo desenvolvidos, principalmente, quanto aos aspectos Clínico-Epidemiológico da Ehrliquiose (N. risticii) Monocítica Equina. A prospecção e avaliação de antimicrobianos naturais são áreas em desenvolvimento que pesquisam extratos vegetais que apresentem ação antimicrobiana e ou antifúngica para uso como extrato bruto ou na detecção de novos princípios ativos, inclusive na forma de aditivos alimentares.

Formação acadêmica

Doutorado em Microbiologia e Imunologia (Universidade Federal de São Paulo, 1993)
Mestrado em Microbiologia e Imunologia (Universidade Federal de São Paulo, 1981)
Especialização em Farm Service Clinic (University Of Guleph, 1984)
Especialização em Microbiologia e Imunologia (Universidade Federal de São Paulo, 1979)
Graduação em Medicina Veterinária (Universidade Federal de Pelotas, 1977)

Áreas de atuação

Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Medicina Veterinária Preventiva - Doenças Infecciosas de Animais
Medicina Veterinária Preventiva - Micologia Aplicada
Biologia e Fisiologia dos Microorganismos - Micologia
Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Medicina Veterinária - Patologia Animal

Informações extraídas do Lattes

Participação do servidor em projetos nos últimos 5 anos

CH indica a carga horária semanal.

Pesquisa
Título do Projeto Início Fim CH
PROSPECÇÃO DE PLANTAS DA FAMÍLIA LAMIACEAE PARA O TRATAMENTO E CONTROLE DA ESPOROTRICOSECOORDENADOR DO PROJETO01/01/201831/12/20181
Avaliação molecular e fenotípica de fungos de importância médica e veterinária e sua suscetibilidade a diferentes amostras de óleo essencial de Origanum vulgare L.COORDENADOR DO PROJETO01/01/201831/12/20182
Avaliação do teste Platelia Aspergillus EIA® para diagnóstico da aspergilose em pinguins e interferência da contaminação ambientalCOORDENADOR DO PROJETO01/01/201831/12/20181
Investigação da Presença de Paracoccidioides spp. em diferentes mesorregiões do Rio Grande do SulCOORDENADOR DO PROJETO01/11/201731/12/20181
Mensuração da interleucina-10 sérica de gatos com esporotricose04/04/201604/04/20182
Mensuração da interleucina-10 sérica de gatos com esporotricose04/04/201604/04/20182
Parâmetros sanguíneos e clínicos como potenciais indicadores da aspergilose em pinguins-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) em reabilitaçãoCOORDENADOR DO PROJETO11/12/201631/12/20171
Avaliação do teste Platelia Aspergillus EIA® para diagnóstico da aspergilose em pinguins e interferência da contaminação ambientalCOORDENADOR DO PROJETO01/08/201631/12/20171
PROSPECÇÃO DE PLANTAS DA FAMÍLIA LAMIACEAE PARA O TRATAMENTO E CONTROLE DA ESPOROTRICOSECOORDENADOR DO PROJETO01/05/201531/12/20171
Eficiência predatória de fungos telúricos no sul do Rio Grande do Sul frente a nematoidesCOORDENADOR DO PROJETO01/05/201531/12/20171
Avaliação molecular e fenotípica de fungos de importância médica e veterinária e sua suscetibilidade a diferentes amostras de óleo essencial de Origanum vulgare L.COORDENADOR DO PROJETO30/04/201531/12/20172
Investigação da Presença de Paracoccidioides spp. em diferentes mesorregiões do Rio Grande do SulCOORDENADOR DO PROJETO30/10/201531/10/20172
Isolamento e identificação de fungos anemófilos em diferentes laboratórios de pesquisa da Universidade Federal de Pelotas30/04/201530/10/20171
Caracterização de microrganismos associados à otite externa canina06/06/201730/09/20171
Caracterização de microrganismos associados à otite externa canina06/06/201730/09/20171
Coleta e Identificação de fungos leveduriformes e filamentosos de diferentes sítios em psitaciformes e passeriformes silvestres e exóticos29/03/201628/07/20172
Correlação e prevalência de Malassezia pachydermatis e Otodectes cynotis em casos de otite externa canina19/09/201618/03/20171
Determinação da atividade antimicrobiana, antineoplásica e toxicidade de extratos vegetais13/10/201530/12/20161
Determinação da atividade antimicrobiana, antineoplásica e toxicidade de extratos vegetais13/10/201530/12/20161
Parâmetros sanguíneos e clínicos como potenciais indicadores da aspergilose em pinguins-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) em reabilitaçãoCOORDENADOR DO PROJETO10/12/201410/12/20162
Avaliação sorológica da presença de anticorpos contra Paracoccidioides brasiliensis em felinos domésticos (felis catus) da região sul do Rio Grande do SulCOORDENADOR DO PROJETO01/05/201401/08/201612
Detecção molecular, histopatológica, isolamento e identificação de Paracoccidioides brasiliensis em zorrilho (Conepatus chinga) no Rio Grande do SulCOORDENADOR DO PROJETO01/06/201431/07/20162
Avaliação do teste Platelia Aspergillus EIA® para diagnóstico da aspergilose em pinguins e interferência da contaminação ambientalCOORDENADOR DO PROJETO01/06/201431/07/20162
Cryptococcus sp. e risco ambiental: ocorrência em excretas de aves ornamentais de companhia e aves em centro de reabilitação de fauna silvestre.02/06/201402/05/20161
Bioprospecção com extratos vegetais de plantas da família Lamiacea e Fabaceae em microrganismos resistentes30/05/201430/04/20162
Bioprospecção com extratos vegetais de plantas da família Lamiacea e Fabaceae em microrganismos resistentes30/05/201430/04/20162
Estudo Retrospectivo de micoses e micotoxicoses animais na região sul do Brasil: 1978-2010COORDENADOR DO PROJETO03/03/201003/03/20162
Susceptibilidade in vittro e in vivo do oomiceto Pythium insidiosumCOORDENADOR DO PROJETO03/01/201529/01/20162
Paracoccidioides brasiliensis: avaliação micológica e sorológica em animais silvestres na região sul do BrasilCOORDENADOR DO PROJETO02/10/201402/10/20152
Isolamento e Caracterização de Fungos Autóctones com Potencial Efeito Acaricida sobre Carrapatos Rhipicephalus Boophilus microplus02/09/201301/09/20152
Eficácia de extratos vegetais na desinfecção de superfícies contaminadas com fungos do complexo Sporothrix schenckii26/08/201326/08/20151
Determinação da atividade antifúngica de plantas medicinais encontradas em Pelotas, RS03/09/201431/07/20152
Técnicas diagnósticas para detecção precoce da aspergilose em pinguins-de-Magalhães em reabilitaçãoCOORDENADOR DO PROJETO01/03/201101/03/20152
Susceptibilidade in vittro e in vivo do oomiceto Pythium insidiosumCOORDENADOR DO PROJETO01/01/201302/01/20152
Paracoccidioides brasiliensis: avaliação micológica e sorológica em animais silvestres na região sul do BrasilCOORDENADOR DO PROJETO01/10/201001/10/20142
Isolamento de micro-organismos a partir de resfriadores e sua relação com a qualidade do leite produzido na região de Pelotas - RS23/08/201428/09/20141
Ensino
Título do Projeto Início Fim CH
Produção e Sanidade Animal26/06/201731/12/20171
GRUPO DE ESTUDOS EM MICOLOGIA VETERINÁRIA02/03/201515/12/20162
Extensão
Título do Projeto Início Fim CH
Projeto LADOPAR: Ensino, Pesquisa e Extensão01/09/201631/08/20201
Laboratório Regional de Diagnóstico01/09/201631/12/20194
ASSESSORIA TÉCNICA EM SAÚDENA PRODUÇÃO LEITEIRA DE BASE AGROECOLÓGICA EM ASSENTAMENTOS DA REFORMA AGRÁRIA NA REGIÃO SUL DO BRASIL01/01/201731/12/20181

Página gerada em 18/09/2019 14:59:30 (consulta levou 1.857151s)