Nome do Projeto
Teoria econômica do casamento, evidências das características socioeconômicas e do comportamento saudável sobre o estado civil dos brasileiros
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
26/05/2014 - 31/07/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Teoria Econômica
Resumo
O estudo da teoria econômica do casamento e do divórcio é importante devido aos inúmeros impactos que tais trazem à sociedade. Na ciência econômica, o casamento é definido como um acordo contratual, com regras determinadas pelo estado ou por uma instituição religiosa, e com objetivo de produção e consumo conjunto. O principal insight da abordagem econômica do casamento e do divórcio é que estes são dados por um processo aleatório entre os indivíduos. No caso do casamento, quando ocorre um encontro, os indivíduos comparam suas características e avaliam seus potenciais ganhos com o casamento. Se os ganhos dos indivíduos excederem os ganhos esperados de continuar procurando, então ocorre o casamento. Caso contrário, os indivíduos esperam o próximo encontro ocorrer (WEISS, 1997). O divórcio segue a mesma idéia, os casais se encontram aleatoriamente, assim, uma pessoa casada pode encontrar um casamento melhor do que o atual dessa mesma forma. As causas do divorcio estão relacionadas com a incerteza sobre a qualidade do encontro e com outras características do parceiro (BECKER et al, 1977).

Objetivo Geral

OBJETIVO GERAL:
O objetivo deste projeto de pesquisa é investigar os determinantes socioeconômicos do casamento e do divórcio para o Brasil.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
• a analisar os determinantes do casamento e do divórcio para o Brasil;
• apresentar os principais modelos teóricos da teoria econômica do casamento e do divórcio;
• apresentar uma revisão atualizada da literatura internacional e nacional,
• verificar o impacto de características individuais, tais como: saúde, educação, renda, idade, região, etc., sobre a probabilidade de um indivíduo casar-se/divorciar-se, principalmente se características de saúde e da estrutura familiar influenciam a decisão de dissolução do casamento;
• verificar se existem diferenças na decisão matrimonial, entre homens e mulheres e/ou entre indivíduos de diferentes raças.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
JULIA GALLEGO ZIERO UHR230/05/201431/07/2015
RENATA PEREIRA CARDOSO231/05/201431/07/2015
RICARDO CAPRA SCHUCH1201/08/201431/07/2015

Página gerada em 24/09/2019 06:34:51 (consulta levou 0.087101s)