Nome do Projeto
Remoção de corantes e compostos fenólicos por carvão ativado.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/07/2014 - 31/12/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Engenharias - Engenharia Sanitária - Processos Simplificados de Tratamento de Águas
Resumo
A contaminação das águas pelos diferentes processos industriais é um dos grandes problemas que enfrentamos atualmente. Entre os contaminantes destacam-se os compostos fenólicos (fenol, m-cresol, o-cresol, 33,4 dimetilfenol) que podem ser introduzidos em águas fluviais por efluentes das indústrias de papel e celulose, petroquímica, entre outras. Por apresentarem alta volatilidade, solubilidade em água e baixa capacidade de biodegradação, conferem problemas de gosto e sabor às águas potáveis, sendo tóxicos ao homem e aos organismos aquáticos. Por tais motivos é estabelecido o limite de 0,001 mg/L pela Portaria 518/2004 do Ministério da Saúde. Outros efluentes industriais capazes de elevar o nível de contaminação hídrica são corantes provenientes de indústrias têxteis e alimentícias. Estima-se em pelo menos 20% dos corantes têxteis sejam descartados em efluentes durante o processo de fixação da tintura às fibras. Em função de sua origem sintética, alta estabilidade molecular, complexidade da estrutura química e das propriedades xenobióticas, em sua maioria apresentam baixa degradabilidade. Alguns corantes em contato com a pele podem causar alergia, dermatite e irritação. Além disso, classes de corantes, principalmente aquelas que apresentam o grupamento azo (N=N), podem ser altamente carcinogênicos. A adsorção sólido/líquido é uma das técnicas mais efetivas na remoção de contaminantes no meio aquoso. O carvão ativado é o nome comercial de um grupo de carvões que se caracterizam por terem uma estrutura porosa e uma superfície interna elevada. São materiais carbonáceos, porosos, que apresentam uma forma microcristalina, não grafítica, que sofreram um processamento para aumentar a porosidade interna.

Objetivo Geral

OBJETIVO GERAL

Investigar a capacidade do carvão ativado na remoção de contaminantes em meio hídrico.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

1) Produzir carvão ativado caracterizando seus índices de iodo e fenol;
2) Determinar a cinética do processo, verificando as influências dos fatores: massa de adsorvente, tempo de contato e concentração inicial do adsorbato, e a constante de velocidade de adsorção;
3) Determinar a capacidade máxima de adsorção do C.A. na remoção de corantes;
4) Caracterizar as amostras através das técnicas de Termogravimetria (DTG/TG/DSC) e Infravermelho (IRFT).

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDERSON GABRIEL CORREA1004/05/201531/12/2015
ANTÔNIO RENATO DE CASTRO CARABAJAL601/07/201431/12/2015
CLARICE VERGARA BRANDÃO401/07/201431/12/2014
JORGE SAMPAIO AGUIAR401/07/201431/12/2015
JUNIOR SILVA MOSCHEN1004/05/201531/12/2015
LAIS MENA RODRIGUES DO NASCIMENTO1004/05/201531/12/2015
LIGIA FURLAN401/07/201431/12/2015
MARIA LAIZ DE FÁTIMA CABRAL PONTES401/07/201431/12/2014

Página gerada em 19/10/2019 16:52:14 (consulta levou 0.074050s)