Nome do Projeto
A experiência extensionista na formação do professor de francês na UFPel. Estudo dos impactos sobre a formação para o ensino da língua-cultura-literatura estrangeira
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
18/10/2014 - 18/12/2015
Unidade de Origem
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes - Letras
Resumo
Como integrar durante a formação docente universitária da Licenciatura as dimensões de pesquisa e de extensão sem que estas se constituam em um conjunto de caixas assimétricas e dissociadas umas das outras? Esta é a questão a que se propõe esta pesquisa, partindo da perspectiva da integração da reflexão sobre a atividade extensionista como formadora. A participação voluntária do acadêmico em Letras em atividades de extensão- mesmo precoces- durante a licenciatura tem sido prática freqüente e estimulada pela área de francês do Departamento de Letras Estrangeiras da UFPel. Esta é uma proposta formalizada de exploração e análise dos impactos da participação nestas atividades extensionistas sobre a formação para o ensino da língua-cultura estrangeira (francês). Partindo da hipótese de que os acadêmicos envolvidos voluntariamente em tais projetos e atividades extensionistas (como ministrantes e elaboradores e usuários de materiais e recursos para emprego no ensino de língua estrangeira) buscam algo a mais dentro da experiência universitária, a questão que se impõe é por que motivo?

Objetivo Geral

Estabelecer um estudo longitudinal sobre os impactos das experiências como ministrantes de extensão de francês língua estrangeira (FLE) nos estudantes da formação em letras.
Os acadêmicos envolvidos voluntariamente em tais projetos e atividades extensionistas (como ministrantes e elaboradores de materiais e recursos para emprego no ensino desta língua estrangeira) buscam algo a mais dentro da experiência universitária. Conhecer e explicitar o que move aqueles que participam de atividades de extensão e o que não mobiliza ou impede de participar aqueles que não se voluntariam.
Conhecer suas motivações iniciais, retraçar os históricos destas experiências em suas formações individuais e perceber os diferentes tipos de impacto que elas acarretam pode contribuir para a qualificação destas experiências formativas e para a reflexão sobre a licenciatura, integrando assim de maneira mais consistente os âmbitos de ensino, extensão e pesquisa.
Possibilitar aos estudantes entrevistados a tomada consciência do processo de pesquisa inerente à atividade extensionista realizada dentro da formação.
O produto final visado são os relatórios com conclusões sobre estas integrações de atividades que permitirão um reflexo de realimentação sobre as formações em curso, permitindo igualmente embasar perspectivas de reformulações na formação.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
LUÍSA ZANINI VARGAS1023/02/201518/12/2015

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
Recursos própriosR$ 0,00

Página gerada em 15/12/2018 09:38:15 (consulta levou 0.068125s)