Nome do Projeto
Genotipagem do ACNT3 e ACE em atletas de Taekwondo do Rio Grande do Sul
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
31/10/2014 - 16/12/2016
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Educação Física
Resumo
INTRODUÇÃO: Parte do sucesso de atletas com talento esportivo decorre de características físicas acima da média e pode ter sido herdada geneticamente. Dentre diferentes polimorfismos funcionais, o da enzima conversora da angiotensina (ACE) é dos estudados no mundo do esporte. O alelo I foi encontrado com mais frequência em atletas de resistência e está relacionado com maior percentual de fibras do tipo I. Já o alelo D se associa a alto nível circulante e tecidual de ACE, causando maior efeito de hipertrofia, e sua presença se dá com maior frequência em atletas de modalidades que exigem força e potência muscular. A alfa-actinina3 é uma proteína expressada pelo gene ACTN3, e sua mutação demonstrou que o alelo R está associado com o desempenho em provas de força ou velocidade. Por sua vez, os esportes de combate são caracterizados pela exigência dos componentes aeróbio e anaeróbio, e o taekwondo (TKD) especificamente, requer alta demanda de ambos sistemas energéticos e seus golpes devem ser aplicados com potência elevada, inclusive nos momentos finais dos combates. Embora já se tenha estudado polimorfismo do ACE em atletas de TKD, número amostral reduzido e ausência de grupo com atletas exibindo rendimento de diferentes níveis, como regional, estadual e nacional, prejudicam as inferências registradas. OBJETIVO: Relacionar a presença dos polimorfismos I/D e R577X dos genes ACE e ACTN3, respectivamente, com o desempenho competitivo de atletas de Taekwondo. Adicionalmente, investigar a prevalência de polimorfismos destes genes entre praticantes desta modalidade esportiva de combate no estado do Rio Grande do Sul. MATERIAIS E MÉTODOS: A partir de estudo observacional, atletas de TKD do Rio Grando do Sul participarão dos procedimentos de pesquisa. Os mesmos preencherão anamnese individual, que inclusive considera nível esportivo, e terão coletadas amostras de células epiteliais bucais para análise de DNA genômico (gDNA). Após extração e amplificação do gDNA, ocorrerá genotipagem através de primers específicos em PCR. A frequência de alelo será determinada pela contagem de genes. Associação entre desempenho esportivo e polimorfismo funcional, assim como a distribuição genotípica desses alelos entre os grupos de atletas, será comparada por análise de qui-quadrado segundo polimorfismos nos genes ACE e ACTN3. Valores de p <0,05 serão considerados significantes.

Objetivo Geral

O objetivo do presente estudo é relacionar a presença dos polimorfismos I/D e R577X dos genes ACE e ACTN3 com o desempenho competitivo de atletas de Taekwondo. Adicionalmente, investigar a prevalência de polimorfismos destes genes entre praticantes desta modalidade esportiva de combate no estado do Rio Grande do Sul.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CARLOS CASTILHO DE BARROS231/10/201416/12/2016
CÁSSIA CONCEIÇÃO GOULART431/10/201416/12/2016
CÁSSIA CONCEIÇÃO GOULART1201/08/201531/07/2016
ROSSANO DINIZ231/10/201416/12/2016

Página gerada em 11/12/2018 05:26:06 (consulta levou 0.085310s)